Saiba Mais: a Verdade sobre o Shampoo sem Sal

Atualmente, o shampoo sem sal virou febre entre as mulheres. Sobretudo para os fios danificados, os cabeleireiros recomendam este tipo de shampoo, com a…

Atualmente, o shampoo sem sal virou febre entre as mulheres. Sobretudo para os fios danificados, os cabeleireiros recomendam este tipo de shampoo, com a justificativa de que agride menos os fios. Não apenas por salões de beleza, esse produto chegou nas prateleiras de lojas de cosméticos e até de supermercados. Mas o que as mulheres não se perguntam, é se ele realmente funciona, ou é puro marketing? Descubra esta questão, lendo a matéria a baixo.

Para o que serve o shampoo sem sal?

O sal tem como principal papel fazer espuma e aumentar o produto. Além disso, ele ajuda a tirar os resíduos que outros componentes da fórmula não são capazes.

O Produto com sal é prejudicial?

Os produtos com sal podem ocasionar ressecamento dos cabelos e do couro cabeludo. É por isso que estes tipos de shampos são recomendados para cabelos oleosos. Os sais provocam a formação de uma espuma espessa, enquanto o lauril sulfato de sódio, é o  agente de limpeza do produto.

Nenhum dano até hoje foi comprovado, já que os sais utilizados são usados em pequenas quantidades diluídos em água, o que significa que são naturalmente eliminados durante o processo de enxágue, não prejudicando os fios.

Existe um shampoo livre de sal?

Se falarmos em cloreto de sódio, a resposta é sim. No entanto, não existe um shampoo com 0% de sal. Trata-se da ausência do cloreto de sódio na composição do produto. Pode-se fabricar produtos sem esse tipo de sal, contudo, para isso é necessário cogitar outro tipo de agente espessante.

O cloreto de sódio vem sendo substituído por espessantes, que adicionam outros benefícios aos produtos, e não apenas o acréscimo da viscosidade. O “sem sal” que encontramos nas embalagens refere-se apenas ao cloreto de sódio, o sal de cozinha que conhecemos.

Leia Também:  Tabela de Calorias dos Alimentos

Desse modo, todo shampoo possui sal, porém em concentrações muito baixas de cloreto de sódio. O principal ingrediente nesses tipos de produtos são os tensoativos, como o lauril éter sulfato e sódio ou o lauril sulfato de sódio. Durante a  fabricação uma reação química é gerada, na qual o produto auxiliar é o cloreto de sódio, assim, mesmo que o fabricante no começo não use o cloreto de sódio, mas utiliza um dos tensoativos cujo o nome termina em ‘de sódio’, o sal no produto é gerado.

A ausência do sal é benéfica?

Os shampoos ditos sem sal, geram mais benefícios aos fios, pois, limpam com menos agressão e intensidade. Já os shampoos antiresíduos possui uma grande quantidade de sal, e em razão a isso não deve-se  abusar deles, pois, com o tempo este tipo de produto retira todas as vitaminas contidas no cabelo.

Devido à mídia idealizar uma imagem negativa em cima dos produtos com sal, há quem duvide dos benefícios. No entanto, devemos ressaltar que ele não é o responsável pelos danos dos ressecamentos, pois se fosse assim, os cabelos das crianças não seriam tão bonitos.

Importante é o pH

O pH é o fator principal que deve ser observado ao escolher um produto. Os muito alcalinos, com pH maior que 7 abrem a cutícula do cabelo, deixando os fios ressecados e frisados. Quanto ácido o produto, ou seja, mais baixo for o pH melhor para o fio, pois as cutículas permaneceram fechadas. O pH ideal deve permanecer entre 4,5 e 5,5.

Com ou sem sal, não se esqueça de usar o condicionador, pois, é ele quem selará as cutículas e facilitará o penteado, evitando desse modo que os fios quebrem. Também vale ressaltar que para se ter um fio mais bonito, saudável e macio, deve-se hidratar os cabelos duas vezes por semana.

Leia Também:  Anvisa suspende Max Burn, suplemento alimentar que garante perda de peso

E você, já usou ou usa shampoo sem sal? Não se esqueça de olhar o nível de pH nos rótulos dos produtos quando for comprá-los, para desse modo, deixar os fios cada vez mais saudáveis e macios.

Top