Saiba como proteger sua saúde dos efeitos do ar seco

A baixa umidade do ar aumenta o número de doenças respiratórias na população. Os processos alérgicos como rinite e asma aparecem mais frequentemente e…

Baixa umidade do ar

A baixa umidade do ar aumenta o número de doenças respiratórias na população. Os processos alérgicos como rinite e asma aparecem mais frequentemente e com maior intensidade.

Doenças que se agravam

Rinite: A rinite alérgica é caracterizada por obstrução nasal, espirros repetidos e coceira no nariz, olhos, garganta ou ouvidos. Com o clima seco, esses sintomas se agravam uma vez que o oxigênio entra mais seco pelo nariz, levando à inflamação e produção excessiva de secreção.

Asma: A asma brônquica tem sintomas diferentes, é o aparecimento de crises de tosse associada à falta de ar (dispneia) e chiado no peito. Com o ar seco, maior é a dificuldade respiratória dos asmáticos.

Pode ocorrer também a associação da asma com a rinite alérgica. Estes indivíduos podem apresentar outros problemas de saúde como: alergias na pele; alergia ocular: coceira, ardência, sensação de “areia nos olhos”, lacrimejamento, vermelhidão e inchaço nas pálpebras.

Poluição: O acúmulo de poluentes é outra consequência ruim da temperatura seca. Os gases tóxicos não conseguem sair da atmosfera, o que piora o quadro de ardência ocular e garganta seca com pigarro.

Doenças graves: Outros problemas de saúde que podem aparecer devido ao clima seco são o AVC e o infarto. Segundo estudiosos esse clima com baixa umidade leva ao aumento da espessura do sangue, favorecendo o desenvolvimento dessas doenças.

Rinite

Como se proteger do ar seco?

Existem formas de melhorar a qualidade do ar com algumas medidas simples. Veja algumas dicas de como melhorar a umidade do ar que você respira:

1. Beba bastante água (pelo menos dois litros por dia), sucos naturais, água de coco entre outros. Dessa forma você se mantém bem hidratado mesmo com o ar seco;

Leia Também:  Truques para usar delineador

2. Evite o acúmulo de poeira em casa. Tire cortinas, tapetes, ursos de pelúcia e cobertores felpudos, principalmente se houver alguém alérgico na família. Limpe a casa com um pano molhado ao menos duas vezes ao dia e evite o uso de vassouras;

3. Tenha preferência por alimentos assados e não fritos, frutas frescas, sorvete em picolé de frutas e queijos do tipo branco;

4. Melhore o ar do local onde a família dorme. Umidifique o ambiente com toalhas molhadas, potes de água ou umidificadores de ar;

5.  Cuidados com a pele também são muito importantes. Evite tomar banhos muito quentes, pois podem ressecar a pele;

6. Utilize hidratantes diariamente;

7. Use soro fisiológico quando houver irritação ocular ou das narinas. Evite coçar  os olhos pois são muito sensíveis e pode ocorrer lesões;

8. Tenha um cuidado especial com crianças e idosos, eles conseguem desidratar mais facilmente, apresentando quadros graves.

Com essas medidas você pode melhorar a qualidade do ar em qualquer ambiente, melhorando a saúde de todos a sua volta.

Use soro fisiológico nos olhos

Top