Saiba como investir no mercado de ações

Investir no mercado de ações é algo bem complicado para algumas pessoas que não entendem este tipo de negociação. No entanto, quem pretende se…

Por Redacao em 27/10/2011

Investir no mercado de ações é algo bem complicado para algumas pessoas que não entendem este tipo de negociação. No entanto, quem pretende se envolver nesse ramo, precisa ter uma noção de como proceder para não ter grandes prejuízos ao invés de um investimento lucrativo. Esta é a dinâmica do mercado de ações; É necessário conhecê-lo, saber seu funcionamento, quais as probabilidades de se ter bons lucros, bem como o tempo necessário para isso. Desta forma, os riscos serão em proporções bem menores.

Para quem ainda não sabe, uma ação representa uma parte de uma determinada empresa que pode ser pequena ou grande. Quando um investidor compra uma ação na Bolsa de Valores ele passa a ser sócio da companhia ou organização. Tudo começa desta forma bastante simples, mas muito eficaz nos dias posteriores. Salientamos que no momento em que a pessoa se torna sócio, ele passa a ser chamado de sócio majoritário. A partir daí, as ações passam a acompanhar o valor da empresa, ou seja, caso ela tenha bom desempenho a ação aumenta, caso contrário, as ações diminuem.

Mas, nem todas as ações são iguais. Elas possuem diferentes tipos de poderes e diferentes detentores. Nas ações preferenciais (PN), por exemplo, a pessoa detentora deste tipo de ação tem a preferência pelo recebimento de dividendos que é um percentual sobre o lucro da empresa. Neste caso, a pessoa não tem direito de voto sobre as decisões do Conselho Administrativo da empresa.

Antes de começar a investir no mercado de ações, é preciso compreender que não existe um investimento mínimo, mas que mesmo assim há diferentes valores para que se possa iniciar o processo. Algumas ações possuem valores mais altos que outras. Por isto, o ideal é começar a investir nas mais baixas e gradativamente, você opta pelos investimentos de valores mais elevados.

Com relação aos ganhos, eles podem vir a partir do momento em que você desejar vender suas ações. No entanto, você poderá obter lucros extras quando a empresa pagar dividendos que é uma parcela do lucro da instituição dividida entre os acionistas. Salientamos que é estabelecido por lei que as organizações devem pagar um valor de pelo menos 25% do lucro total a título de dividendo. Entretanto, o fator negativo é que as empresas também têm direito a não pagar dividendos e reinvestir seus lucros.

Já o valor das ações pode ser bastante oscilante. Por conta disso, são chamados de “ativos de renda variável”, ou seja, podem ser considerados um investimento de risco. Para você que investe, saiba que o fator determinante para saber se as ações irão “subir” ou “cair” é o desempenho da empresa no mercado, visto que, ela recebe interferência da economia no mundo. Agora, certamente você já está apto a investir com maior segurança no mercado de ações. Sucessos!

 

 

Top