Saiba Como Evitar a Falência da Empresa

Você conseguiu juntar uma boa quantia de dinheiro e pretende não ter mais chefe. Por isso, resolveu abrir uma empresa. No entanto, saiba que…

Você conseguiu juntar uma boa quantia de dinheiro e pretende não ter mais chefe. Por isso, resolveu abrir uma empresa. No entanto, saiba que não é apenas abrir as portas do seu negócio e começar a vender os seus produtos que tudo está bem. Antes de tudo, é preciso fazer um planejamento a longo prazo, pensando nos infortúnios que poderão acontecer e sempre deixar uma reserva de dinheiro no banco para esses momentos.

Apesar da economia brasileira estar aquecida, muitas empresas fecham simplesmente por falta de planejamento ou experiência no comércio. Por isso, saiba como evitar a falência da empresa seguindo conselhos simples.

Antes de escolher o negócio a ser aberto, tenha consciência de quanto tempo você terá para dedicar a ele. Geralmente, os comércios abrem aos sábados. Alguns, como padarias, lanchonetes, restaurantes e docerias, aos domingos e feriados também.

Após definir o tipo de negócio e o produto a ser comercializado, é preciso procurar por um lugar estratégico para abri-lo. O ponto é muito importante para o movimento da loja. Comércios de roupas populares, de brinquedos, papelarias, açougues, padarias e lojas de diversidades devem ficar em pontos centrais da cidade, onde passam muitas pessoas diariamente.

Já se for uma oficina de carro, um posto de gasolina ou uma loja de materiais de construção, o ponto pode ser afastado do centro, já que as pessoas não se importarão em se deslocarem para lá.

Não se iluda em deixar o seu comércio aos cuidados de um empregado, mesmo que ele seja de confiança, pois ninguém se dedicará tanto ao negócio quanto o seu dono. Sendo assim, esteja sempre presente para saber de tudo o que acontece no caixa e nas prateleiras.

Continuar Lendo  Trabalhe Conosco Trip Linhas Aéreas

O capital inicial aplicado deve ser apenas metade do total que você possui, pois há muitas outras coisas a serem pagas como aluguel, luz, água e funcionários.

Outro ponto é o capital de giro. Todo comércio que se preze deve estar com as prateleiras sempre cheias e com bons preços. Para tanto, o capital de giro deve ser o suficiente para que você possa fazer as compras à vista, já que os preços ficam mais baixos. Assim, a lucratividade é maior e você pode vender os seus produtos a preços menores que os da concorrência.

O atendimento personalizado é a alma do negócio. Todo consumidor gosta de ser bem tratado. Às vezes, mesmo que o produto vendido em uma loja seja mais caro, algumas pessoas preferem comprar nela por causa do atendimento. Por outro lado, há lojas que vendem produtos baratos, mas tem um péssimo atendimento. Por isso, se possível, chame o seu cliente pelo nome e ofereça tudo o que ele precisar.

Se você não tem experiência com o comércio, há empresas que prestam consultorias por preços que valem a pena ser pagos porque alguns conselhos são essenciais. Um ótimo lugar a ser procurado é o SEBRAE, que oferece até assessoria gratuita.

Com essas dicas de como evitar a falência da empresa, fica fácil manter o seu negócio aberto por muito mais tempo, com grandes probabilidades de crescimento. Cuide da sua empresa como de um filho, esteja sempre atento aos seus sinais, que podem ser previsões de declínios.

Top