Saiba a diferença entre comer muito e comer bem

Comer muito e comer bem são coisas totalmente distintas. Muito confundem os dois termos e acabam tendo resultados diferentes do que imaginam. Esse conceito…

Comer muito e comer bem são coisas totalmente distintas. Muito confundem os dois termos e acabam tendo resultados diferentes do que imaginam. Esse conceito começa já na infância, quando uma criança gordinha é vista como “saudável”. A obesidade infantil é um dos problemas que preocupam os pediatras. O mesmo acontece com os adultos. Nem sempre comer em grandes quantidades é sinônimo de uma vida saudável. Saiba mais sobre o assunto.

Muita gente confunde comer bem com comer muito. (Foto: Divulgação)

Comer muito x comer bem

A diferença entre comer muito e comer bem está na qualidade dos alimentos. Você pode comer muito, em grande quantidade, mas será que está ingerindo os nutrientes necessários?

Há quem diga que come um “prato enorme” na hora do almoço, por exemplo, mas se analisarmos só há carboidratos e algumas proteínas. É prejudicial à saúde? Não, mas também não é a opção mais saudável. Para comer bem é preciso concentrar os mais diferentes tipos de nutrientes e vitaminas numa refeição. Esses ingredientes estão presentes com intensidade nos alimentos naturais, como saladas e frutas.

Comer bastante é diferente de comer bem. (Foto: Divulgação)

Outro hábito para quem deseja comer bem é manter um intervalo de 3 à 4 horas de uma refeição para outra. Ficar muito tempo sem comer não ajuda a emagrecer, como muitos imaginam, retarda o metabolismo e ainda pode gerar azia ou úlcera, doenças do trato gástrico. Quando você fica muito tempo sem comer, acaba comendo em grande quantidade no momento da refeição. Nos intervalos mais curtos, você come menos e deve se alimentar com coisas leves, como frutas e fibras.

A alimentação saudável é mais simples do que muitos imaginam e mais fácil também. A reeducação é a parte mais difícil. Especialistas afirmam que mudar os hábitos alimentares é mais difícil do que largar o vício do cigarro, por exemplo. Mas não é uma tarefa impossível. Basta substituir tranqueiras, como doces, gordura, açúcares e sal por alimentos naturais e saudáveis. Os industrializados também devem ser trocados.

Continuar Lendo  Como melhorar o relacionamento com a mãe, dicas

Dicas para comer bem

As frutas estão liberadas. (Foto: Divulgação)

Comece com o seu café de manhã. Evite a farinha branca, presente em pães e massas. Dê preferencia para frutas e sucos naturais. O mamão é um ótimo regulador intestinal, além de possuir vitaminas e sais minerais. Para acompanhar um suco de laranja, escolha torradas integrais com queijos mais leves. No intervalo entre o café da manhã e almoço, mais uma fruta. Você vai perceber que com o tempo, a quantidade vai diminuindo devido aos intervalos menores e a saciedade vai ficando mais frequente.

No almoço, coma de tudo, mas que seja tudo colorido e bem nutritivo. Evite carboidratos simples e frituras. Refrigerante? Definitivamente não está no cardápio de quem deseja se alimentar bem. A tarde, mais uma fruta. Elas podem ser consumidas a vontade ao longo do dia. À noite, coma menos, pois a digestão é um pouco mais lenta nesse horário. E para completar, não esqueça os exercícios físicos. Eles ajudam na manutenção do peso mantêm uma saúde em dia.

Leia também:

Comer carboidrato para perder peso

Dicas para evitar efeito sanfona

Top