Sacar dinheiro com segurança: dicas

O caixa eletrônico é uma invenção que facilita a vida de quem tem conta em banco. Muitos procedimentos podem ser feitos no auto-atendimento: depósito…

Por Élida Santos em 23/02/2012

Fique atento para não enfrentar problemas com saques em caixas rápidos (Foto: Divulgação)

O caixa eletrônico é uma invenção que facilita a vida de quem tem conta em banco. Muitos procedimentos podem ser feitos no auto-atendimento: depósito em conta, transferência de dinheiro, pagamento de títulos e até saques. Por funcionar fora do horário do expediente das agências, o item torna o banco mais versátil e acessível. Porém, algumas medidas preventivas devem ser tomadas, como por exemplo:

Não aceite ajuda de estranhos (Foto: Divulgação)

Saque de quantias grandes

Para não ser pego de surpresa por um assaltante que está aguardando somente uma boa oportunidade para dar um golpe certeiro, evite retirar dos caixas grandes valores. Se precisar sacar para pagar uma pessoa opte por fazer uma transferência bancária, ou um DOC (transferência entre agências de bancos diferentes). Algumas instituições financeiras, inclusive, limitam os saques em caixas eletrônicos a valores menores, para inibir roubos e furtos.

Seja discreto

É normal conferir o dinheiro sacado no guichê dos caixas, mas não o faça de maneira exagerada, mostrando as notas para quem está próximo do local. Outro erro fatal que as pessoa cometem dentro dos bancos é falar ao telefone dados da conta e valores que vai retirar. Esse tipo de atitude te faz ser presa de bandidos. Tome muito cuidado.

Tenha cuidado com clonagem de cartões (Foto: Divulgação)

Use caixas eletrônicos confiáveis

A clonagem de cartões é outro problema de caixas eletrônicos. Antes de colocar o cartão magnético no local indicado no equipamento, veja se não há nada de estranho com o item. Caso o espaço aonde o cartão deverá ser inserido esteja solto, ou com aspecto diferente do tradicional não arrisque, procure outro caixa. O ideal também é evitar utilizar máquinas em pontos de pouca iluminação e acessibilidade. Preze a sua segurança sempre.

Reter o cartão

Em geral, os equipamentos não foram projetados para “engolir” o cartão. Se acontecer algo desse tipo, ligue imediatamente para o 0800 do banco. Quando isso ocorre é porque algum dispositivo clandestino foi instalado. Cuidado com os fraudadores a paisana. Em alguns golpes uma pessoa fica de prontidão em um guichê próximo, e assim que os caixas retêm o item eles prontamente oferecem um telefone para ligações no banco. Do outro lado da linha está uma pessoa do bando, que finge ser da instituição financeira. No fim das contas mais dados são fornecidos e o cartão não é devolvido.

Além de seguir todas essas dicas, ao ver pessoas suspeitas agindo de modo estranho, não use o caixa. Não aceite ajuda de desconhecidos. Se tiver alguma dúvida entre em contato com o banco ou com algum funcionário uniformizado ou identificado durante o expediente da sua agência.

Top