Roteiros de Ecoturismo pelo Brasil

Uma alternativa para quem já está cansado de passar as férias na praia, é se aventurar por um dos vários roteiros de ecoturismo pelo…

Ecoturistas caminham em trilhas na mata

Uma alternativa para quem já está cansado de passar as férias na praia, é se aventurar por um dos vários roteiros de ecoturismo pelo Brasil, que oferecem maior contato com a natureza, através de trilhas no meio do mato, visitas a grutas ou cavernas e passeios de canoa em rios. Estas são apenas algumas das atividades desenvolvidas no Ecoturismo ou “Turismo Ecológico”, como também é conhecida a modalidade que vem crescendo a cada ano.

Se você conhece pouco sobre o ecoturismo, vamos dar algumas dicas de roteiros nas cinco regiões do país, para que você possa se inspirar e, quem sabe, nas próximas férias fazer uma viagem bem diferente.

Região Norte

É na Região Norte que se encontra o maior potencial ecoturístico do Brasil, apesar deste estilo ainda não ser muito bem aproveitado por lá. Alguns dos destaques são a região de Cantão, em Tocantins; o Vale do Acre, no Acre; Tapajós, no Pará; o Vale do Guaporé, em Rondônia; o rio Amazonas; e a Reserva de Desenvolvimento Sustentável de Mamirauá, também no Amazonas.

Região Nordeste

Na Chapada Diamantina, localizada no norte da Bahia, os ecoturistas têm a chance de praticar rapel, rafting, trekking e andar de bicicletas por inúmeras trilhas. No entanto,  o Arquipélago de Fernando de Noronha, situado no litoral pernambucano, é o destino certo para os turistas apaixonados pela vida marinha, dispondo de várias espécies de peixes, tartarugas, golfinhos e tubarões.

No Arquipélago de Abrolhos, na Bahia, o forte também é o mergulho. Nas águas da região a pesca é proibida, contribuindo para a manutenção de mais de 150 espécies de peixes. As baleias Jubarte são presença constante nas proximidades.

Leia Também:  Ecoturismo na Europa: lugares, dicas

Região Centro-Oeste

O Pantanal é um dos destinos preferidos

Na parte central do Brasil, os pólos do ecoturismo são a Chapada dos Veadeiros, em Goiás, considerada Patrimônio Natural da Humanidade, que contém muitas cachoeiras e uma imensa área verde; a Chapada dos Guimarães, no Mato Grosso, onde se destacam os mais de 50 sítios arqueológicos; o Pantanal, entre o Mato Grosso e o Mato Grosso do Sul, que dispensa comentários; e a cidade de Bonito, no Mato Grosso do Sul, cheia de cavernas, cachoeiras, grutas e piscinas naturais com águas transparentes.

Região Sudeste

Os destaques são a Serra do Cipó,em Minas Gerais, com muitas belezas naturais e sítios arqueológicos; o Pico da Bandeira, localizado entre Minas Gerais e o Espírito Santo, para quem gosta de escaladas e baixas temperaturas; a Serra dos Órgãos, no Rio de Janeiro, destino para os adeptos do montanhismo; e a Serra da Mantiqueira, que corta os territórios paulista, fluminense e mineiro, onde há as práticas de voo livre, trekking e rapel.

Região Sul

O ecoturismo na Região Sul é praticado principalmente em Foz do Iguaçu, no Paraná, no Parque Nacional das Cataratas do Iguaçu, para quem curte trilhas, rapel e montanhismo, além de ver as famosas quedas d’água; e o Parque Nacional dos Aparados da Serra, entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul, cheio de piscinas naturais, cachoeiras e paisagens espetaculares.

No site www.ecobrasil.org.br você encontra outras informações sobre o ecoturismo.

Mergulho em Fernando de Noronha

Top