Roteiros de Cicloturismo

O cicloturismo é uma modalidade inusitada para aqueles que querem unir o útil ao agradável: pedalar e viajar. A combinação tem sido um sucesso…

Por Redacao em 26/08/2011

O cicloturismo é uma modalidade inusitada para aqueles que querem unir o útil ao agradável: pedalar e viajar. A combinação tem sido um sucesso entre os amantes dos passeios de bicicleta, pois é possível conhecer novos lugares ao mesmo tempo em que a atividade física fica em dia. Para ser um “cicloturista” não é necessário ter nenhuma aptidão especial, mas é bom que o preparo físico esteja em dia, que as regras de trânsito sejam respeitadas e que a viagem seja bem planejada. Com tudo isso feito, é só saber o limite que você consegue pedalar por dia e seguir viagem. Para aqueles que pretendem encarar a estrada a bordo de uma bicicleta, seguem algumas dicas especiais de roteiros de cicloturismo ideais para a prática.

– Vale Europeu (Santa Catarina): a região, cuja cidade principal é Blumenau, oferece uma rota conhecida entre os cicloturistas. São 300 quilômetros de extensão em um caminho que abriga sete municípios. O passeio oferece a possibilidade de conhecer de perto a cultura da colonização alemã, presente na arquitetura e na culinária, principalmente. Este roteiro, criado em 2006, é totalmente sinalizado e a recomendação é que os ciclistas percorram uma média de dez quilômetros por dia, algo em torno de quatro a cinco horas de pedaladas. Neste ritmo, é possível concluir o passeio em uma semana. O roteiro foi estrategicamente planejado e passa por estradas alternativas, que fogem das estradas de asfalto, evitando a grande movimentação de carros e garantindo paisagens inesquecíveis. Para saber mais sobre o roteiro de cicloturismo do Vale Europeu, acesse: http://www.circuitovaleeuropeu.com.br

– Serra da Canatra (Minas Gerais): amantes do ciclismo em todas as suas formas costumam dizer que a Serra da Canastra é um ótimo lugar para se percorrer de bicicleta,  devido à possibilidade de visitar as principais atrações naturais sobre duas rodas. Apesar de não existir um roteiro especificamente concebido para o cicloturismo, o Parque Nacional estabelecido na região oferece inúmeras possibilidades de passeios. Para quem quer fazer toda a viagem de bicicleta, basta calcular a quilometragem total do ponto de partida até o destino e, assim, se preparar para alguns dias de pedaladas. Entre as atrações naturais da Serra da Canastra, destacam-se a Cachoeira Casca Danta, o Rio São Francisco e a Serra das Sete Voltas. Para conhecer outros detalhes sobre a região, visite o site: http://www.serracanastra.com.br/

Vantagens

Uma das grandes vantagens do cicloturismo é a possibilidade de ter mais tempo para conhecer os detalhes dos caminhos das viagens. A passagem por uma pequena cidade, que poderia passar despercebida em um trajeto feito de carro ou de ônibus, pode ser o ponto alto do passeio. Além disso, devido à velocidade máxima que pode ser alcançada por uma bicicleta, é fácil apreciar as paisagens locais.

Outro ponto positivo desta interessante prática turística é a forma coletiva. Reunir um grupo para pedalar conjuntamente pode tornar a viagem muito mais interessante e garantir momentos de lazer inesquecíveis. Além disso, o fato de viajar com mais pessoas garante mais segurança em determinados momentos.

No Brasil, já existem alguns grupos de cicloturismo, que  reúnem adeptos da prática, como o Clube de Cicloturismo do Brasil.

Top