Revestimento externo para residência, dicas

A escolha do revestimento para a residência costuma deixar os moradores em dúvida. O mercado de materiais de construção oferece muitas opções, que prometem…

Por Isabella Moretti em 16/05/2013

A escolha do revestimento para a residência costuma deixar os moradores em dúvida. O mercado de materiais de construção oferece muitas opções, que prometem influenciar na estética e na funcionalidade dos espaços.

Revestimento com deck de madeira. (Foto:Divulgação)

O mesmo revestimento usado para decorar um ambiente interno nem sempre funciona para a área externa, por isso é fundamental prestar atenção nas características do produto e buscar a melhor solução.

É importante que o morador saiba que o revestimento tem como objetivo proteger, preservar a construção e embelezar a obra.

Saiba mais: Dicas De Revestimento Externo Para Casa

Dicas de revestimento externo

Confira a seguir algumas dicas para acertar na escolha do revestimento externo:

• Os materiais que revestem os espaços externos, como varanda, piscina e área de churrasqueira, devem ser resistentes. A resistência faz com que a superfície suporte sol, chuva, vento e outras agressões;

• O exterior da casa necessita de um revestimento antiderrapante, fácil de limpar e que não precise de manutenção frequente. Contudo, estas características são incompatíveis em um só produto;

O revestimento escolhido precisa ser resistente e duradouro. (Foto:Divulgação)

• O revestimento é o material escolhido para a roupagem das paredes externas e fachadas. Existe a possibilidade de trabalhar com pedra canjiquinha ou tijolos aparentes, tudo para fugir da tradicional pintura;

• É preciso planejar, pesquisar e levar em conta as características da casa para escolher o melhor revestimento;

• Em casos de dúvidas na hora de revestir, é sempre apropriado procurar a ajuda de um profissional para pedir orientações sobre o melhor produto.

Materiais para revestimento externo

Revestimento com pedras canjiquinhas. (Foto:Divulgação)

Confira a seguir os materiais apropriados para o revestimento externo:

Cimentício: é fabricado com concreto, garante uma superfície antiderrapante e não esquenta. O produto exige impermeabilização e limpeza frequente.

Mármore: considerado um produto nobre para revestir as áreas externas. Ele tem um aspecto rústico e ao mesmo tempo sofisticado.

Deck de madeira: é importante que o material seja tratado para resistir à chuva e ao sol. O revestimento resulta em uma superfície rústica, que lembra muito a estética de uma casa de praia.

Fulget: feito com cimento e pedras moídas, o material se destaca pela resistência e facilidades de limpeza. A única desvantagem é que ele é muito áspero.

Pedras: naturalmente antiderrapantes, as pedras são capazes de deixar a área externa com uma aparência rústica. Sugestões de produtos: São Tomé, Pirenópolis e Miracema.

Cerâmica rústica: se destaca como um material resistente e duradouro, mas requer contrapiso impermeabilizado.

Porcelanato: este material é mais resistente do que a cerâmica e as pedras naturais. Ele permite trabalhar com uma diversidade de cores, mas a sua limpeza pode ser um pouco complicada.

Veja também: Pisos para área externa – como escolher

Top