Reverter a vasectomia: saiba mais

Muitos casais buscam cirurgias contraceptivas, como a laqueadura (na mulher) e a vasectomia (no homem), como uma forma mais efetiva de não correr o…

Muitos casais buscam cirurgias contraceptivas, como a laqueadura (na mulher) e a vasectomia (no homem), como uma forma mais efetiva de não correr o risco de engravidar. Porém, após alguns anos, muitos decidem reverter o procedimento. Saiba mais sobre a reversão da vasectomia.

Saiba mais sobre a vasectomia.

Para a realização da reversão da vasectomia, é ideal buscar a orientação de um especialista. (Foto: divulgação)

 Conhecendo mais sobre a vasectomia

Muitos homens optam pela realização da vasectomia visando o planejamento familiar. Esse procedimento consiste em uma intervenção mais simples do que a laqueadura. Durante o procedimento, os canais deferentes, responsáveis pela condução dos espermatozoides a partir do epidídimo (local onde ficam armazenados após serem produzidos) são cortados, de modo a interromper a passagem das células reprodutivas masculinas. Vale ressaltar que apenas indivíduos com idade acima de 25 anos ou com prole constituída (mais de dois filhos) podem realizar a vasectomia.

Saiba mais sobre a reversão da vasectomia

Diferente do procedimento realizado em  mulheres, não existe idade máxima para realizar uma reversão de vasectomia. Além disso, para a sua realização, todos os limites clínicos do paciente devem ser respeitados. Antes do homem ser submetido ao procedimento, ele deve fazer uma série de exames para detectar ou excluir a existência de determinadas doenças preexistentes.

Saiba mais sobre a reversão da vasectomia. (Foto: divulgação)

O passo a passo da reversão da vasectomia

Tanto a realização da vasectomia, quanto a reversão da cirurgia podem ser realizados ambulatorialmente, ou seja, não necessitam de internação hospitalar. Durante o procedimento, as partes dos canais deferentes são isolados e, novamente, ligados, com a finalidade de dar passagem aos espermatozoides, de modo a reaver a fertilidade no homem. Após a intervenção, o paciente recebe alta, no mesmo dia. No entanto deverá seguir algumas orientações, como ficar 15 dias sem ejacular e 30 dias sem realizar exercícios físicos.

É importante ressaltar que nem todas as reversões da cirurgia tem sucesso. Algumas vezes a fertilidade não consegue ser novamente estabelecida. Por isso, é importante ter certeza sobre a necessidade de fazer a cirurgia.

Vantagem da reversão da vasectomia

A principal vantagem da reversão é que ela devolve a autonomia reprodutiva do casal e ainda permite que a mulher não precise realizar qualquer procedimento invasivo. Além disso, o procedimento cirúrgico tem menor custo e não invalida a técnica de fertilização in vitro, caso a reversão não dê certo.

Conheça alguns dados sobre a reversão da vasectomia

De maneira geral, a taxa de eficácia do procedimento é de 85% e a mulher pode engravidar em qualquer período após a cirurgia. Vale ressaltar que o método não compromete a vida sexual e ainda não há chance de que o homem fique impotente.

Muitos casais decidem realizar a vasectomia, visando o planejamento familiar. (Foto: divulgação)

A vasectomia é um procedimento muito procurado, pois colabora com o planejamento familiar. No entanto, alguns casais desejam reverter a vasectomia para compor a prole. Após conhecer mais sobre o processo de reversão da vasectomia, basta buscar a orientação de um especialista competente e de confiança.

Conheça os principais riscos da vasectomia.

Top