Retenção de líquidos – como evitar

A retenção de líquidos é uma grande preocupação, principalmente para as mulheres que são mais afetadas por esse problema.  Muitas vezes percebemos que aquele…

Por Editorial MDT em 11/01/2012

A retenção de líquidos é uma grande preocupação, principalmente para as mulheres que são mais afetadas por esse problema.  Muitas vezes percebemos que aquele jeans lindo que ficava muito bem no corpo está um pouco apertado, mas essa engordada da noite para o dia nem sempre significa um excesso de gordura.

Muitas vezes os docinhos que você comeu no fim de semana ou a pizza cheia de mussarela não são os vilões e sim a tal da retenção de líquido. A retenção afeita oito em cada dez mulheres, e entre seus sintomas mais frequentes estão os inchaços nos pés, a sensação de barriga estufada e o aumento dos seios, principalmente nas épocas próximas a menstruação.

Apesar dela sempre ser ligada a Tensão Pré Menstrual (TPM), a retenção de líquidos pode ocorrer por muitos outros fatores e hábitos bem comuns, que muitas vezes nem sabemos que prejudica a nossa saúde. Muitas vezes a falta de exercícios e atividades físicas, o excesso de sal, a utilização de sapato alto e até mesmo o calor fazem o corpo acumular água e aumentar o peso.


Para verificar se você sofre com esse mal, há um teste bem rápido e simples que pode ser feito em casa. A maneira mais fácil de descobrir se você retém líquidos e pressionar a perna usando o dedo indicador durante 5 segundos, caso a região fique esbranquiçada e a pele demore a voltar ao normal é sinal que você também é vítima desse mal.

O certo seria o corpo eliminar entre 800ml e 1500ml de líquidos ao longo do dia, já que ingerimos bem mais que isso e essa é a quantidade ideal de urina produzida diariamente. Quando não há essa eliminação correta, podem surgir alguns edemas provocados pelo excesso de líquidos, e caso este problema não ocorre apenas durante a TPM, é necessário ficar atenta, já que a retenção de líquidos pode ser um dos sintomas de outras doenças, como o mau funcionamento dos rins, a incapacidade do coração em bombear o sangue, problemas circulatórios, em geral, e em especial do sistema linfático.


Para evitar a retenção de líquidos há algumas dicas bem simples, que quando são incorporadas ao dia a dia mudam pouco a rotina e ajudam muito na luta contra este mal tão desagradável.
•Beba muita água:  ao ingerir água os rins são estimulados, o que melhora a circulação e elimina as toxinas;
• Hidrate seu corpo: existem no mercado alguns cosméticos relaxantes que ativam a circulação, entre os mais indicados estão os que têm cânfora e mentol;
• Faça exercícios: a prática de esportes faz bem à circulação do sangue, além de ajudar a controlar o peso e manter a saúde em dia;
• Diminua o sal nas refeições: um grande passo para isso é retirar o saleiro da mesa e  se conformar com a quantidade de sal usada no preparo. As saladas também merecem bastante atenção, já que muitas vezes erramos a mão no preparo destas receitas e temperos;
• Use meias elásticas: as meias facilitam a drenagem e ajudam a combater as dor nas pernas.

Com essas dicas é possível reduzir o retenção de líquidos e o inchaço, contudo, se persistirem os sintomas e incômodo, procure a ajuda de um especialista.

Top