Remédios para perder peso rápido: riscos

A obesidade é um processo crônico, ou seja, que se desenvolve lenta e progressivamente no organismo, através do acúmulo de gordura. Geralmente o problema…

A obesidade é um processo crônico, ou seja, que se desenvolve lenta e progressivamente no organismo, através do acúmulo de gordura. Geralmente o problema está associado à baixa atividade física ou aumento da ingestão calórica.

O uso de remédios para emagrecer pode ser muito prejudicial à saúde. (Foto: divulgação)

É importante deixar claro que da mesma maneira que a obesidade não se instala do dia para noite, seu tratamento também demanda tempo e disciplina, para a obtenção de resultados satisfatórios e permanentes, sem o comprometimento da saúde.

O problema é que nem todo mundo compreende ou aceita o lento processo de perda de peso saudável, e desejam resultados imediatos e com o mínimo de esforço possível. Por isso que muitas pessoas acabam recorrendo ao uso de medicamentos que prometem verdadeiros milagres na eliminação de peso, se preocupando apenas com questões estéticas e deixando de lado os prejuízos à saúde que o uso indevido de algumas substâncias pode oferecer. Conheça os riscos do uso de remédios para emagrecer.

Confira dicas de como perder peso corretamente.

Como emagrecer de forma saudável

As pessoas que desejam eliminar peso e garantir mais saúde não podem se esquecer de que a luta contra o excesso de peso requer um esforço constante para superar as dificuldades, evitando que os problemas resultem em desânimo e desmotivação. É fundamental que o lado emocional do paciente seja bem trabalhado, de modo que o objetivo de perder peso não seja visto como uma meta inatingível.

Os princípios de emagrecer com saúde são fundamentados na disciplina, força de vontade e determinação. Tomar decisões por conta própria nem sempre é uma boa opção, por isso a procura por ajuda profissional, como endocrinologista e nutricionista, é essencial para fazer as melhores escolhas.

Leia Também:  Objetos decorativos para sala: dicas, ideias, fotos

Conheça os hábitos alimentares que são prejudiciais à saúde.

Sem mudanças comportamentais, não há como perder peso de forma saudável. (Foto: divulgação)

Um bom planejamento alimentar, evitando doces e dando preferência às comidas com menor quantidade energética, somado à prática regular de atividade física, é a melhor maneira de atingir a meta do peso ideal. É importante deixar claro que a restrição alimentar é por tempo limitado, até que o alvo seja atingido. A partir de então a ingestão alimentar volta ao normal, desde que a pessoa tenha aprendido como se satisfazer sem exagerar na quantidade de comida.

Saiba como perder peso praticando esportes.

Remédios para perder peso

O uso de remédios para emagrecer deve ser a última opção, restrito a uma pequena porção de pacientes que não conseguem obter resultado com a terapia nutricional e de atividade física, e correm riscos de vida, decorrentes do excesso de peso.

O fato é que não existe o milagre de perder o excesso de peso de um dia para o outro, e até mesmo quem faz uso de medicação deve colocar em prática a realização de exercício físico e educação alimentar, para garantir resultados definitivos e satisfatórios.

Conheça os principais tipos de medicamentos utilizados no tratamento da obesidade, seus efeitos colaterais e as respectivas ações no organismo:

Principais remédios para emagrecer e seus efeitos adversos. (Foto: divulgação)

Fórmulas de manipulação

Além dos remédios tradicionais, outro problema bastante sério são as formulações, que utilizam substâncias chamadas de “naturais”, passando a falsa impressão de que são inofensivas ao organismo, enquanto que, na verdade, possuem princípios ativos que podem ser tão maléficos à saúde como no caso dos remédios comuns.

Leia Também:  Melhores remédios para emagrecer

Alguns exemplos desse tipo de terapia são as anfetaminas, diuréticos, ansiolíticos, laxativos e até mesmo hormônios da tireoide. Quando o paciente interrompe seu uso, frequentemente acontece a volta do excesso de peso, de maneira rápida e perigosa, caracterizando o famoso “efeito sanfona”, além de outras alterações muito comuns, como desidratação, irritação e sono excessivo.

As formulações chamadas de naturais também são perigosas. (Foto: divulgação)

Por isso é essencial o paciente compreender que, sem mudanças comportamentais, é impossível perder peso de forma saudável, além de que esse processo requer tempo e muita disciplina e determinação para superar todos os obstáculos, até atingir o objetivo de uma silhueta esbelta e cheia de saúde.

Entenda como melhorar o hábito alimentar.

Top