Relação amorosa destrutiva: saiba mais

Há algum tempo atrás, a cantora internacional Rihanna veio a público alegar que seu então namorado, o cantor Chris Brown, havia a agredido com…

Há algum tempo atrás, a cantora internacional Rihanna veio a público alegar que seu então namorado, o cantor Chris Brown, havia a agredido com socos e mordidas. Além disso, ela mesmo mencionou que não teria sido a primeira vez. Após o episódio, o Brown foi condenado pela justiça e o casal permaneceu separado por algum tempo, porém voltaram a ser vistos juntos. Mesmo que eles não tenham assumido o relacionamento oficialmente, há rumores de que eles tenham voltado. Tendo isso em vista, passamos a nos perguntar o que levaria a continuar com um relacionamento tão complicado. Tendo isso em vista, separamos algumas informações sobre a relação amorosa destrutiva: saiba mais.

Saiba como evitar as brigas no relacionamento.

Algumas pessoas sentem fixação pelo parceiro. (Foto: divulgação)

O relacionamento destrutivo pode ter seu início ainda no nascimento

Muitas pessoas mantem um relacionamento destrutivo, mesmo sabendo que ele lhe traz mais malefícios do que benefícios. Devido a isso, surgem muitos questionamentos, sendo o principal deles, o que leva um pessoa a se tornar possessiva.

Segundo psiquiatras, o comportamento destrutivo pode ter seu início ainda no nascimento. Logo após o feto deixar o ventre materno da mãe, nos sentimos desamparados. Porém, a nossa cultura em que vivemos reprime aqueles que desejam falar da dor e do sentimento de desamparo que, tem de permanecer mascarado, de alguma forma. Como resultado, uma das estratégias utilizadas por esses indivíduos, é tentar compensar a dor de abandono através da adoção de uma atitude dominadora. Desse modo, ele fará o possível para segurar o outro, tornando-o mais próximo e dependente que puder. Por outro lado, ainda existem pessoas que tentam contornar a carência através de um relacionamento com uma pessoa que tem o caráter dominador.  Essa é a fórmula para um relacionamento amoroso destrutivo, em que alguém queira dominar e o parceiro tenha necessidade de se sentir submisso e passa a aceitar as regras impostas.

A cantora Rhianna e Chris Brown vive, um relacionamento destrutivo. (Foto: divulgação)

Aprenda a lidar com um relacionamento amoroso destrutivo

De acordo com especialistas, a melhor atitude a ser tomada diante de um relacionamento destrutivo, é tentar abandonar essa relação. No entanto, sair desse vínculo não é nada fácil. No começo, é muito importante que a pessoa comece a olhar para si e consiga perceber que a solução não está no outro, assim evita-se tornar o sentimento amoroso em fixação. Por isso, é ideal que ambos aprendam a ficar sozinhos, de modo a conseguir se relacionar com o outro e evite abusos de sentimentos.

Saiba mais sobre a relação amorosa destrutiva. (Foto: divulgação)

Uma relação amorosa destrutiva pode trazer grandes consequências à vida dos indivíduos envolvidos. Por vezes, pode levar a agressões essas que podem ser fatais. Tendo isso em vista, é muito importante que se busque a orientação de um especialista para conseguir lidar, assim como evitar comportamentos destrutivos.

Leia Também:  Festa de São João 2017 - Origem, Comidas Típicas, Simpatias

Saiba como fazer as pazes no namoro.

Top