Regras do Bolsa Família: quais são

Leia a matéria “Regras do Bolsa Família: quais são” e saiba tudo a respeito desse programa de transferência de renda. A iniciativa do Governo…

Leia a matéria “Regras do Bolsa Família: quais são” e saiba tudo a respeito desse programa de transferência de renda. A iniciativa do Governo Federal tem como objetivo ajudar famílias carentes, tirando-as da situação de extrema pobreza e miséria. No entanto, para não ter o benefício bloqueado ou cancelado, é muito importante seguir as regras.

Você deve ficar atento as datas que são cobradas a atualização de dados, isso geralmente é feito a cada dois anos, porém se houve alguma mudança como de residência, de conta, de contato ou outros tipos, você mesmo pode realizar o quanto antes, com certeza você estará se precavendo de casos em que o Bolsa Família é bloqueado ou suspenso.

Regras do Bolsa Família: quais são. (Foto: Divulgação)

Para garantir acesso à alimentação, saúde e educação de qualidade, o governo criou o Programa Bolsa Família – maior programa de transferência de renda da América Latina – que atualmente atende mais de 50 milhões de pessoas em todo o país.

O benefício incorpora outros programas sociais que eram oferecidos pelo governo, como Bolsa Escola, Cartão Alimentação, Auxílio Gás e Bolsa Alimentação. Desta forma, ele visa à inclusão social das camadas mais pobres da população brasileira e o suprimento das necessidades básicas dos seus beneficiários.

Ele foi desenvolvido de modo a dar auxílio para famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade, consideras pobres ou extremamente pobres, isso porque a riqueza está na mão de poucas pessoas em nosso país.

Leia mais: Como consultar Bolsa Família pela Internet

Regras do Bolsa Família: quais são

Para que a assistência financeira ajude as pessoas que realmente precisam, o programa estabelece uma série de regras, desde a elaboração dos pré-requisitos e até a manutenção do cadastro. Confira regras do Bolsa Família: quais são.

Somente quando você está seguindo os principais pré requisitos do seu Bolsa Família você vai começar a receber ele, ainda mais quando o Ministério aprovar a sua ficha e assim, ter todas as condições necessárias.

Pré-requisitos do programa

Primeiramente a sua família precisa ter renda compatível com o programa. (Foto: Divulgação)

Para conseguir efetuar o cadastro e receber o auxílio, é preciso verificar se a família está de acordo com os pré-requisitos do programa. Estão aptos a receber a assistência financeira:

  • Famílias com renda de até R$89,00 por pessoa;
  • Renda entre R$89,01 e R$178​, com gestantes e nutrizes na composição familiar;
  • Renda entre R$89,01 e R$178​, com crianças e adolescentes de até 16 anos na composição familiar.
  • Renda entre R$ 00,00 e R$178​, com crianças e adolescentes de até 17 anos na composição familiar.

Veja também: Quem tem direito ao Bolsa Família?

Cadastro Bolsa Família

É preciso procurar o setor responsável para fazer o cadastro. (Foto: Divulgação)

Para receber o Bolsa Família, você deve procurar o setor responsável pelo programa em seu município munido de alguns documentos, como o CPF, necessário para a sua inscrição no Cadastro Único (CadÚnico), do governo federal.

Feito o cadastro, você deve esperar a seleção das famílias consideradas aptas para receber o benefício. Realizada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, ela leva em conta os dados fornecidos pelo candidato à prefeitura de sua cidade.

Desse jeito você recebe todos esses benefícios no seu Cartão do Cidadão, feito por meio do Cadastro Único, o que facilita todo o recebimento dos valores, recebimento das informações necessários e também local para depósito do dinheiro.

Obrigações de quem tem Bolsa Família

A atualização cadastral é algo obrigatório. (Foto: Divulgação)

A renda familiar é o único critério adotado para o ingresso no Bolsa Família. Entretanto, depois de selecionadas, as famílias devem obedecer às regras para a permanência no programa, tais como:

  • Garantir que crianças de até seis anos, gestantes e nutrizes cumpram a agenda de atenção básica à saúde;
  • Manter crianças e adolescentes regularmente matriculados na escola;
  • Manter seus dados cadastrais atualizados. Eventuais mudanças no rendimento ou na composição familiar devem ser informadas à coordenação do programa no município.

O programa, diferente do que muitas pessoas dizem, foi feito para que as pessoas mais carentes tenham acesso direto aos programas públicos como hospitais, ensino superior e muito mais, incentivando o crescimento e o estudo correto.

Mantenha seus dados atualizados: Recadastramento do Bolsa Família.

Em casos de dúvidas sobre as “regras do Bolsa Família: quais são”, basta entrar em contato com o Ministério de Desenvolvimento Social.





Este artigo possui 2 comentários

  1. valeria
    Publicado em 11/03/2013 às 9:44 AM [+]

    bom dia quero saber se pessoas aposentadas podem receber o beneficio

  2. luciana dos santos oliveira
    Publicado em 29/04/2013 às 11:29 AM [+]

    porque muitos cartaõ do bolsa familia esta sento cancelado,eu queria saber porque da minha irmã foi cancelado.


Top