Redução de estômago: Riscos e Dicas

Redução de estômago: Riscos e Dicas, confira informações importantes a respeito deste procedimento cirúrgico que tem ganhado cada vez mais popularidade entre as pessoas…

Redução de estômago: Riscos e Dicas, confira informações importantes a respeito deste procedimento cirúrgico que tem ganhado cada vez mais popularidade entre as pessoas interessadas em perder peso.

Redução de estômago: Riscos e Dicas (Foto Ilustrativa)

Redução de estômago: Riscos e Dicas (Foto Ilustrativa)

Na hora de emagrecer, muitas pessoas encontram dificuldades. São comuns os casos em que mesmo passando por vários tipos de dietas e investindo em exercícios físicos, não se obtém nenhum sucesso.

Passando por situações como essas, muitos resolvem apostar na cirurgia de redução do estômago, também chamada de cirurgia bariátrica, que pode se tornar a solução para a perda de peso, quando outras alternativas já foram tentadas e não resolveram.

Cirurgia de redução de estômago grátis pelo SUS

Redução de estômago: Riscos e Dicas

São vários os tipos de cirurgia bariátrica (Foto Ilustrativa)

São vários os tipos de cirurgia bariátrica (Foto Ilustrativa)

Existem vários tipos de cirurgias de redução de estômago, como a Banda Gástrica Ajustável, o Bypass Gástrico, a Gastrectomia Vertical, o Duodenal Switch (ou Derivação Biliopancreática) e o Balão Gástrico.

Cada uma delas apresenta técnicas diferentes e são indicadas de acordo com a situação do paciente (grau de obesidade, estado de saúde, etc), mas de maneira geral, têm o objetivo de reduzir a quantidade de alimentos consumidos ou de reduzir a absorção deles (há também a possibilidade de associar essas duas coisas).

Casos em que a redução de estômago não funciona

As diferentes técnicas objetivam diminuir o tamanho do estômago (Foto Ilustrativa)

As diferentes técnicas objetivam diminuir o tamanho do estômago (Foto Ilustrativa)

Mesmo contribuindo para a redução do peso, existem alguns riscos da redução de estômago, assim como acontece em qualquer tipo de cirurgia, como as complicações associadas à aplicação de anestesia geral, que podem ser maiores nos obesos.

Já no pós-operatório, alguns dos riscos são a possibilidade de surgimento de trombose e embolia pulmonar, infecções na pele (onde foram feitas as incisões) e vazamento (nos casos em que partes do estômago e do intestino são interligadas). Além disso, existe o risco de que não ocorra a perda de peso desejada.

Leia Também:  Redução de Estômago, Quanto Custa a Cirurgia

Quem pode fazer

O resultado final pode ser uma perda de peso bastante interessante (Foto Ilustrativa)

O resultado final pode ser uma perda de peso bastante interessante (Foto Ilustrativa)

Para quem a redução de estômago é indicada? Para saber se uma pessoa pode ou não fazer cirurgia bariátrica, são levados em conta critérios como IMC (Índice de Massa Corporal) e possibilidade de complicações causadas por sobrepeso ou obesidade, entre outros.

10 benefícios da cirurgia bariátrica

Por isso, é fundamental passar por uma avaliação médica bem detalhada, com um profissional de confiança. Outra dica é buscar acompanhamento médico, de nutricionista, fisioterapeuta e psicológico, antes e depois da cirurgia, para aproveitar melhor os benefícios da redução de estômago.

Leia mais sobre esse e outros assuntos navegando pelo Mundo das Tribos.

Top