Reconstrução Capilar: como funciona

Os agentes externos que maltratam os fios são incontáveis. Na realidade, todos os cabelos estão sofrendo, constantemente, diferentes tipos de agressão, até mesmo aqueles…

Os agentes externos que maltratam os fios são incontáveis. Na realidade, todos os cabelos estão sofrendo, constantemente, diferentes tipos de agressão, até mesmo aqueles fios que nunca sequer foram expostos ao alisamento de uma prancha ou a algum tipo de coloração. Vento, raios solares, secadores mecânicos, alisamentos, tinturas, cloro e até mesmo a alimentação inadequada são alguns dos fatores que contribuem para que haja alterações na estrutura dos fios. Quando isso acontece, em maior ou em menor grau, é necessário fazer uma reconstrução capilar, para que todos os nutrientes perdidos pelos cabelos sejam recuperados.

Diversos são os agentes diários que danificam os fios (Foto: Divulgação)

Existem diferenças entre os vários processos de recuperação dos fios. No caso da reconstrução capilar, o que se pretende é repor a massa interna e externa dos cabelos, devolvendo a eles lipídios, proteínas, aminoácidos e outros nutrientes perdidos devido à ação de agressores externos. Este tipo de tratamento é feito num nível mais profundo dos fios, onde as substâncias de produtos comuns, por melhores que sejam, não chegam.

Quando se deve fazer a reconstrução capilar

Mesmo fios aparentemente saudáveis, podem receber a reconstrução, como forma de prevenção (Foto: Divulgação)

Na realidade, qualquer tipo de cabelo poderá receber o tratamento. A diferença é que alguns estão num estágio avançado de debilitação, necessitando ainda mais de substâncias específicas e concentradas. É possível, também, aderir ao procedimento apenas como prevenção. Tal prevenção pode ser feita contra agentes naturais (como sol, cloro, vento, etc) e contra processos químicos. Por exemplo, ao fazer uma reconstrução capilar antes do alisamento, os fios ficarão mais facilmente lisos e estarão mais protegidos contra os produtos químicos alisadores.

Antes de alisamentos, a reconstrução previne os danos e potencializa o efeito dos produtos alisadores (Foto: Divulgação)

Estando os cabelos aparentemente bonitos ou claramente estragados, não importa, é necessário consultar um profissional para saber como funciona a reconstrução capilar. Somente ele dirá o quanto os fios necessitam do processo, bem como os produtos, concentração destes e a frequência com que o tratamento será feito. Os intervalos entre as aplicações costumam ser definidos de acordo com o estado dos cabelos. Geralmente, são feitos de uma a duas vezes, por semana, evoluindo para aplicações quinzenais e, finalmente, mensais.

Leia Também:  Plástica Capilar Marroquina Inoar: saiba mais

Como é feita a reconstrução capilar

Em resumo, a reconstrução capilar feita por um profissional será da seguinte maneira: os cabelos são devidamente lavados, com produtos específicos para uma limpeza profunda e para que suas escamas se abram. Em seguida, os fios recebem uma máscara de hidratação profunda, à base de lecitol, colágeno, proteínas ou aminoácidos. Então, os cabelos são novamente lavados e recebem um selador, para o fechamento das escamas. Para recuperar a parte externa dos fios, é aplicada a queratina pura (líquida ou em gel). Como a intenção é que esta substância seja fixada nos cabelos, uma fonte de calor é usada, nesta fase, finalizando o processo.

O intervalo entre as aplicações depende do estágio em que se encontra o cabelo (Foto: Divulgação)

Os benefícios da reconstrução capilar podem ser observados, a partir da primeira aplicação e tendem a melhorar a qualidade dos fios, gradativamente. Contudo, é bom lembrar que a escolha dos produtos a serem aplicados dependerá do estágio em que encontra o cabelo. Por isso, deve-se procurar, antes, um profissional.

Confira uma forma de hidratar os fios, em casa:Tratamento noturno para cabelos ressecados

Veja produtos que dão uma mãozinha a quem não pode ir a salões de beleza: Ampolas de tratamento para cabelo: como escolher.  Assim, você compra bons aliados para os fios, de forma correta.

 

Top