Receita libera consulta a lote da malha fina

A partir das 9 horas dessa terça-feira, 8 de maio, a Receita Federal vai liberar a consulta do lote multiexercício do Imposto de Renda…

A instituição liberou o lote da malha fina (Foto: Divulgação)

A partir das 9 horas dessa terça-feira, 8 de maio, a Receita Federal vai liberar a consulta do lote multiexercício do Imposto de Renda Pessoa Física, com declarações do exercício de 2011, 2010, 2009 e 2008. Estão inclusos nesse lote 61.936 pessoas, que deverão receber 120.739.080,44 em restituições.

O valor deve ser pago no próximo dia 15 de maio na rede bancária, sendo que tem correções que variam de 11,75% a 42,43%, referentes à variação da taxa básica de juros (Selic).  Para saber se a declaração foi liberada é necessário acessar o site www.receita.fazenda.gov.br ou entrar em contato por meio Receitafone, que atende pelo número 146.

Segundo a Receita Federal o lote das declarações de 2011 (ano-base 2010) contemplam 38.653 contribuintes, que receberão R$ 80.251.695,03, já somada a taxa Selic de 11,75%, referente ao período de maio de 2011 a maio deste ano. Desse total, 6.499 referem-se aos contribuintes que se enquadram no Estatuto do Idoso, os quais receberão R$ 25.047.045,37.

Leia também: Declaração retificada do IR pode ser entregue a partir desse dia 2 de maio

No lote das declarações de 2010 (ano-base 2009) fazem parte 12.167 pessoas. As restituições desse lote somadas resultam em R$ 18.743.786,93, acrescidos da correção de 21,90%. Já no lote de 2009 (ano-base 2008) estão incluídos 7.427 cidadãos, que receberão um total de R$ 15.610.644,31. A taxa de correção é de 30,36%. E os lotes de declarações de 2008 (ano-base 2007) estão incluídos 3.689 contribuintes, que receberão R$ 6.132.954,17, atualizados pela taxa de 42,43%.

A pessoa tem 12 meses para resgatar o valor da restituição (Foto: Divulgação)

Os contribuintes contemplados com a restituição terão 12 meses para resgatar o valor no banco. Caso o contribuinte não faça o resgate nesse prazo, deverá requerê-la mediante o Formulário Eletrônico (Pedido de Pagamento de Restituição), disponível na internet. Se a pessoa achar que o valor pago pela Receita Federal de contribuição está incorreto, pode recebê-lo e solicitar a diferença na unidade da Receita Federal mais próxima.

Leia Também:  Certidão negativa de imóveis: como emitir

Se o valor for creditado o cidadão deverá procurar qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento do BB através do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (pessoas com deficiência auditiva), para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer instituição financeira.

Top