Real deve desvalorizar em 2012 e atrapalhar novos investimentos

Nos últimos anos, o real (moeda brasileira) ganhou bastante valorização tendo como referência o dólar americano. Com uma economia em constante crescimento, nossa moeda…

Nos últimos anos, o real (moeda brasileira) ganhou bastante valorização tendo como referência o dólar americano. Com uma economia em constante crescimento, nossa moeda passou a ser vista com maior credibilidade por parte de investidores estrangeiros os quais passaram a enxergar no Brasil uma porta aberta para investimentos que gerariam bons retornos lucrativos em um  determinado espaço de tempo.

No entanto, as últimas notícias divulgadas por alguns especialistas afirmam que o real pode ficar mais desvalorizado em 2012, isso devido a alguns fatores importantes da economia. Segundo os economistas, a nossa moeda deve continuar a perder força em todo o ano de 2012, como já vem ocorrendo nos últimos meses.

Mas, por que motivo? Bem, toda essa desvalorização pode ser agravada por não se tratar de uma desvalorização momentânea, mas contínua, impulsionada por uma mudança de tendência. Os economistas afirmaram que os juros já estão baixos e a tendência é cair ainda mais. Isso é ruim para nós, pois o real fica menos atrativo para os investidores estrangeiros.

Outro fator que desvaloriza nossa moeda é a queda da taxa Selic que é a taxção de derivativos e representa a turbulência do cenário econômico no exterior. Diante desta situação, ficará cada vez mais difícil para o governo manter a estabilidade da moeda nacional.

Caro leitor, todo esse quadro apresentado acarretará em um menor crescimento da economia brasileira quanto às suas perspectivas. Essa semana, a moeda americana voltou a fechar em R$ 1,71, o que não ocorria desde o ano passado. Esta alta do dólar faz com que a moeda brasileira perca força na economia global, consequentemente, a redução dos valores de juros diminui o número de investimentos no país.

Leia Também:  Como economizar na hora da reforma

As expectativas dos especialistas é que a moeda americana poderá atingir R$ 1,80 ainda este ano. Mesmo que o piso atual de R$ 1,70 permaneça para 2012, o dólar poderá atingir (dentro de poucos meses) o patamar de R$ 1,90, pois com a recuperação da economia dos Estados Unidos, automaticamente a moeda recuperará seu valor a cada mês. Já outros economistas afirmam que o dólar fechará 2011 cotado em R$ 1,65 e que apenas em 2013 é que ultrapassará a marca de R$ 1,90.

Diante deste contexto econômico, o que tudo indica é que o mundo não enfrentará uma nova crise econômica, mas a recuperação da última de 2009 que precisará de um bom tempo para ser sanada. Temos como exemplo disso a Grécia e Portugal que continuam em recessão e dependem de auxílio externo para controlar suas economias.

Nós, brasileiros, devemos nos preparar porque há uma possibilidade de (nos próximos anos) o Brasil sentir os efeitos da valorização da moeda norte Americana e atrair poucos investimentos externos para o país. Mesmo assim, há também estimativas de que em meio a toda esta turbulência o Brasil possa ainda crescer continuamente. Resta agora esperar e confiar nas ações do governo para impedir maiores problemas para nossa economia.

Top