Rapaz descobre que está na lista de procurados após busca no Google e se entrega à Polícia

Depois de ter uma crise de consciência ao descobrir que estava na listagem da polícia dos mais procurados, Christopher Viatafa, de 27 anos de…

Depois de ter uma crise de consciência ao descobrir que estava na listagem da polícia dos mais procurados, Christopher Viatafa, de 27 anos de idade, resolveu se entregar à polícia de San Leandro, no estado da Califórnia (Estados Unidos da América). O rapaz descobriu que estava na lista de foragidos da polícia depois que resolveu fazer uma busca no Google por seu próprio nome.

Rapaz que descobriu que estava na lista de procurados por meio de busca no Google (Foto: Divulgação)

Procurado por envolvimento em tiroteio com a polícia

Depois de fazer a busca no Google o Viatafa reparou que sua foto estava estampada no site do Centro Regional de Inteligência da Califórnia (em tradução livre). Ele era foragido da polícia por ter ligação com um tiroteio que terminou sem feridos, segundo informações do jornal “SFGate”.

O homem foragido que acabou se entregando à polícia era acusado do crime de atirar com uma arma em uma casa habitada, ao efetuar os disparos durante uma festa particular na cidade em que morava.

Homem se entregou a polícia após busca no Google (Foto: Divulgação)

Busca no Google foi aleatória

O rapaz contou que foi fazer uma busca no site mais famoso do mundo nesse segmento e acabou vendo sua foto na lista de mais procurados pela polícia no estado. Ao perceber que estava foragido da polícia ele resolver procurar a polícia e limpar o seu nome e deixar sua consciência tranquila.

Segundo informações divulgadas pelo site de procurados, Viatafa aparece agora como “fugitivo capturado” após se entregar as autoridades. Ele não disse se de fato é culpado pelo crime que foi acusado, mas com a atitude dele pode ser que mesmo que seja culpado, por não demonstrar resistência a prisão e por ter procurado a polícia para se entregar e responder às acusações, Christopher Viatafa pode ser libertado ou pegar uma pena reduzida caso fique provado que ele realmente foi o culpado do crime que é acusado. O caso curioso ganhou grande repercussão pelo mundo.

Top