Ranking: USP é a instituição que mais instrui doutores no mundo

Embora não esteja entre as 100 melhores instituições do mundo, A USP (Universidade de São Paulo) é a instituição que mais instrui doutores entre…

Por Editorial MDT em 23/02/2012

Imagem: (Foto Divulgação)

Embora não esteja entre as 100 melhores instituições do mundo, A USP (Universidade de São Paulo) é a instituição que mais instrui doutores entre 682 instituições analisadas no Ranking 2011 da Universidade de  Jiao Tong, em  Xangai, na China. De acordo com o anuário estatístico da universidade, em 2010 a USP concedeu 5.830 certificados de pós-graduação, sendo que 3.492 foram certificados de Mestrado e 2.338 de Doutorado. O  Ranking Acadêmico de Universidades do Mundo (ARWU, na sigla em inglês) foi publicado em agosto do ano passado, colocando a USP entre a 101ª e 150ª melhores instituições de todo o mundo.

Em 2011, a liderança foi ocupada por três instituições dos Estados Unidos: a Universidade Harvard, a Universidade Stanford  e o Instituto de Tecnolgia de Massachussets (MIT). A instituição brasileira é a mais bem colocada e, embora não tenha aparecido entre as cem melhores, conseguiu se destacar na quantia de doutores formados em 2011.

Segundo a lista, a Universidade da Jordânia, ficou em segundo lugar, seguida da Universidade de Tóquio com o terceiro maior número de certificados de doutorado emitidos no ano passado. A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), que teve 826 certificados de Doutorado em 2010, ficou na 38ª posição.

Devido a sua extensão e inclusão de áreas do conhecimento, a universidade brasileira, acabou se destacando nos quesitos quantitativos do que nos itens qualitativos levados em conta no ranking. Um exemplo é a rentabilidade anual e o financiamento para estudos. De um total de 637 universidades ao redor do mundo, a instituição brasileira é a terceira que mais recebe recursos para atividades de análises. De acordo com a Fapesp (Agência de Notícias da Fundação de Amparo à Pesquisas de São Paulo), 47,87% da verba investida pela fundação em 2010 – R$ 277,3 milhões – foi dedicada especialmente a pesquisadores da USP. Apesar desse número, em relação à estimativa anual das universidades, a instituição aparece na 48ª posição entre 683 universidades analisadas.

Quando o rendimento da instituição é dividido pelo número de universitários registrados, a universidade cai para a 423ª posição entre 669 instituições. Embora tenha concedido mais certificados de Doutorado em 2010 que qualquer outra instituição, a USP é a 21ª na quantia de professores Doutores em relação ao total de professores e a 73ª na relação entre Doutorados concedidos e número de docentes.

Ela ainda aparece na quinta posição entre 1.181 instituições na quantidade de teses de ciências e ciências sociais divulgadas. Porém, quando o número de teses divulgadas é dividido pelo número de docentes, a universidade cai para a 209ª colocação, entre 774 instituições analisadas.

Top