Ração Humana: Combinação de Grãos Pode ser Perigosa

Quem tem interesse em assuntos como vida saudável e alimentação deve ter notado que um dos assuntos mais comentados desse nicho nos últimos tempos…

Quem tem interesse em assuntos como vida saudável e alimentação deve ter notado que um dos assuntos mais comentados desse nicho nos últimos tempos é a tal ração humana. Um composto alimentar cuja mistura de é baseada em ingredientes ricos em fibras, vitaminas do complexo B e minerais cuja ingestão ajuda a controlar o diabetes, colesterol, melhora o funcionamento intestinal, a pele e a imunidade do organismo além de dar uma mãozinha para quem quer emagrecer.

Bom, não é mesmo? Com certeza estes benefícios citados interessam a muita gente, mas o problema é que muitas pessoas tem usado o composto de forma inadequada, colocando a saúde em risco.

De acordo com reportagem publicada no G1, a mistura pode trazer problemas caso seja tomada em orientação de um profissional. Um destes riscos é a de distensão abdominal ou até constipação intestinal pois, segundo explicação da nutricionista Flávia Moraes, que trabalha para a rede Mundo Verde, o organismo de cada um funciona de forma diferente.

O que diz a Anvisa:

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária divulgou no dia 07 de julho de 2011 uma nota informando à população a respeito dos riscos do consumo indiscriminado da ração humana. A principal preocupação demonstrada foi a respeito do nome usado: para o órgão, o consumidor é induzido a crer que ao alimentar-se somente ração ele estará consumindo todos os nutrientes necessários, o que não representa a verdadeira natureza do produto. Com base nisto, o uso do nome “ração humana” foi proibido em produtos comercializados no país.

De acordo com a agência, o consumo dela não faz mal, porém não é o suficiente para garantir alimentação equilibrada e correta. Na nota, também houve a recomendação de que os interessados em mudar hábitos alimentares procurem orientação profissional para garantir que esta seja adequada.

Leia Também:  Colostro: o que é, quais são os benefícios

Orientações para o consumo:

– Especialistas afirmam que o mais indicado é comprar os ingredientes separadamente e fazer a mistura em casa do que comprar a mistura pronta. Assim o consumidor pode ter garantias do que está consumindo.

– Ela deve ser consumida misturada ao leite ou ao suco. A explicação é de que as fibras possuem muito açúcar e que em excesso elas acabam fazendo mal.

– A ração humana é um complemento alimentar e não um substituto para as refeições. Ela pode ser adicionada a saladas, iogurtes e frutas, mas nunca deve ser usada para substituir uma refeição.

– Ela só deve ser tomada uma vez ao dia, sendo que a preferência é de manhã.

– É preciso beber muita água e líquidos como suco para que a ração não tenha efeito contrário. Para quem não cuida da hidratação do corpo, pode prejudicar o funcionamento do intestino ao invés de regularizá-lo.

– Para quem quer emagrecer, o consumo da ração humana não é milagrosa por si só. Ela pode até contribuir para o emagrecimento, porém deve ser aliado à uma alimentação equilibrada e a exercícios físicos.

Não se esqueça: é importante sim cuidar do próprio corpo porém mais importante ainda é fazer isso de forma saudável.

Top