Raça De Cachorros Para Apartamento, Dicas

Ter um cão em apartamento não é tarefa fácil, mas algumas pessoas estão se submetendo a esse desafio. Os animais necessitam de atenção e…

Ter um cão em apartamento não é tarefa fácil, mas algumas pessoas estão se submetendo a esse desafio. Os animais necessitam de atenção e espaço, dois fatores que nem sempre o proprietário é capaz de oferecer e acaba prejudicando a vida do bicho de estimação. É importante ainda ter o cuidado para escolher uma raça de cachorro que consiga se adaptar com mais facilidade a vida em apartamento.

Alguns cães necessitam de mais atenção do que outros, não suportando muitas vezes a vida enclausurada num apartamento. Na maioria dos casos é necessário deixar o cachorro distraído ou ocupado com alguma atividade. Outro ponto importante para quem deseja ter um bicho de estimação é reservar um espaço da casa, deixando-o a vontade.

Os filhotes costumam ter maior facilidade para lidar com a vida em apartamento, diferente dos cachorros que já estão habituados com um ambiente maior e ao ar livre. O cãozinho terá que se adaptar as limitações, mas o proprietário precisa destinar um tempo do seu dia para um passeio ou brincadeiras.

As raças de cachorro para apartamento possuem características em comum no que diz respeito ao temperamento. Normalmente esses cães revelam baixo nível de ansiedade e conseguem levar uma vida solitária tranqüila. Com maior nível de independência e pouca tendência para latir, o cão não vai atrapalhar os vizinhos e terá uma convivência harmoniosa com os seus donos.

Nem todos os cachorros pequenos conseguem suportar as limitações de um apartamento e às vezes uma raça grande pode demonstrar um comportamento mais surpreendente e apropriado para vida em condomínio. No entanto, cães de pequeno porte são recomendados para não fazer muita sujeira na residência e criar problemas com a vizinhança.

Algumas raças dependem de companhia e constante interação com o dono, então o confinamento acaba deixando o cachorro mais agitado. Dessa forma, evite adquirir um filhote das raças Beagle, Cocker, Labrador, Pastor Alemão, Border Collie, entre outros. O levantamento considera as características de cada raça, mas isso não significa que cada bicho não tenha sua própria personalidade.

Há raças de cães que conseguem viver bem em ambientes pequenos e suportam os momentos de solidão caso seja necessário. O Pequinês é um ótimo companheiro, tal como o silencioso Lhasa Apso e o inteligente Maltês. O salsichinha é um cachorro que consegue se adaptar a espaços limitados, já a raça Pug não precisa de tanto exercício físico devido às dificuldades respiratórias do focinho achatado. Os filhotes de yorkshire e pinscher também são adaptáveis.

Vários cuidados com cachorros em apartamento precisam ser tomados, se preocupando tanto com as normas do condomínio como também com o bem-estar de cada animal. Procure não deixar o cão sozinho por muito tempo, providencie brinquedos para distraí-lo e reserve alguns momentos do seu dia para se dedicar a ele. Mesmo um cachorro já acostumado com apartamento precisa praticar atividades físicas e gastar energia. Ensine o cão a passear, assim ele será uma companhia nas caminhadas e ficará mais tranqüilo.

Cachorros que permanecem presos por muito tempo podem desenvolver problemas comportamentais, por isso é válido deixar ossinhos ou brinquedos disponíveis para passar o tempo. Para manter o espaço do animal sempre limpo, procure usar tapetes higiênicos. Já que o apartamento não permite um amplo espaço ao ar livre para o cachorro correr e brincar, é interessante que o proprietário se preocupe em dispor de boas condições de vida para o cãozinho. A falta de espaço e companhia costuma deixar os cães infelizes numa vida de apartamento.

Aproveite as dicas de raças de cães indicadas para apartamento e escolha o cão ideal.

Top