Questões do pré-teste do Enem foram reproduzidas por professores, declara Fernando Haddad

Hoje, o Ministro da Educação, Fernando Haddad declarou que o governo acredita que dois dos cadernos de pré-testes do Enem aplicados aos alunos do…

Por Editorial MDT em 27/10/2011

Hoje, o Ministro da Educação, Fernando Haddad declarou que o governo acredita que dois dos cadernos de pré-testes do Enem aplicados aos alunos do colégio Christus, de Fortaleza, foram reproduzidos e distribuídos por professores.

A declaração foi dada em entrevista ao canal Globonews. O ministro, ainda, declarou que os próprios professores recomendaram que não divulgassem as apostilas – distribuídas aos alunos três semanas antes do exame oficial – por que algumas daquelas questões poderiam cair na prova.

Na quarta-feira (26), o MEC havia anunciado a anulação das provas dos 639 alunos do colégio, que poderão refazer o exame em novembro, quando o Enem será aplicado para jovens e adultos que cumprem sentenças privativas de liberdade.

Hoje (27) à tarde, o Ministério confirmou que as 14 questões vazadas constavam no pré-teste, aplicado em outubro de 2010, para alunos do Colégio Christus. Afirmou que não houve extravio de cadernos de questões, visto que todos foram devidamente devolvidos aos fiscais, contabilizados e incinerados. O texto da nota, também, afirma não ser possível a memorização das perguntas devido ao detalhismo e a similaridade.

O Ministério Público do Ceará entrou, hoje, com uma ação pedindo a anulação das questões copiadas do Enem ou a anulação do exame  em todo no Brasil. Solicitou, ainda, a suspensão da medida que anulou a nota do exame dos 639 alunos desta escola.

Top