Quanto tempo dura o luto?

Apesar de a morte fazer parte do desenvolvimento humano, lutamos a vida toda pela ideia mortalidade e tentamos negar as possibilidades de perder as pessoas que amamos. Quando a morte ocorre, a sensação de dor é muito grande e ficamos impressionados de que vivemos um pesadelo muito grande. A tarefa mais difícil é de se constatar que o sonho é real e que é impossível escapar dele. Saiba mais sobre o assunto e veja quanto tempo dura o luto.

O luto acontece quando perdemos um ente querido. (Foto: divulgação)

Momento de luto

Um grande buraco e a sensação de vazio invade a alma com toda força do mundo. É como se ficássemos órfãos de nossas crenças e sem esperanças para continuar vivendo após o golpe. O curso do tempo que era sem importância e passa a ser um inimigo que deve ser enfrentado aos poucos, descobrindo-se que ele virá o acalento.

Talvez nesse momento vocês se sintam dessa forma, experimentando um grande vazio e sem forças para continuar vivendo. Esse começo é muito difícil, sendo um tempo de dor, mudanças e transformações por dentro e por fora também. Esse é o chamado tempo de luto.

A dor que ocorre dentro do peito é muito grande, assim como a ligação com quem já se foi. Leva um bom tempo para nos ligarmos a uma pessoa e por isso é necessário ter um longo tempo para nos desligarmos dela. Se desligar não é esquecer, mas poder viver com a lembrança da pessoa que partiu sem se machucar muito. Com o passar do tempo, a dor será transformada em saudade e lembranças.

A tristeza é inevitável durante o luto. (Foto: divulgação)

Quanto tempo dura o luto

É necessário entender que nesse processo de luto, existe o tempo do relógio e o tempo interno de cada pessoa. Ambos os tempos nem sempre são coincidem. O tempo do relógio marca as horas, dias, semanas e os meses do ano. Ele anda de acordo com as sensações e sentimentos de cada pessoa, por isso o momento de luto é diferente para cada pessoa.

Em alguns dias a ausência parecerá ainda mais recente, algo ainda muito doloroso. Em outros momentos, haverá a impressão de uma melhora, como se o sentimento de falta tivesse passado. Sem dúvida alguma, o tempo do relógio irá ajudar o enlutado a entrar novamente a verdade, com o difícil encargo de aprender a conviver com o sofrimento. Mas, como as pessoas são muito diferentes, vivem seus sentimentos de maneira diferente e também apresentam formas de luto em tempos diferentes.

O dia da morte de alguém que amamos é um dia em que tudo parece ser parte de um filme do qual você nunca mais irá esquecer. A sensação de que o chão se abriu e de que você precisa ser forte para não cair, mas as pernas e o corpo não controlam as emoções e tanta dor. Os encaminhamentos práticos, como velório, sepultamento e os avisos para os amigos, talvez distancie um pouco das emoções, mas em alguns momentos você terá que aprender a lidar com elas.

As crises de choro, alterações do sono, depressões, faltam de apetite e de humor são algumas das reações esperadas. Nesse tempo, muitas coisas perderão o sentido para quem vive o luto. Até as atividades mais simples do dia-a-dia podem ser mais difíceis de serem realizadas. Todo o apoio será muito bem vindo nesse momento, mas é necessário que a pessoa também esteja pronta para ouvir e enxugar as lágrimas que irão rolar.

O luto pode durar certo tempo. (Foto: divulgação)

O luto é problema que faz parte da vida de todas as pessoas, afinal, em algum momento iremos passar por isso ao perder um ente querido. As fases do luto são inevitáveis, mas saber lidar com esse momento de dor é essencial.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Reply