Qual o modo Correto de Usar Chapinha para não Estragar os Cabelos?

As mulheres na sua grande maioria aderiram os cabelos lisos, e para deixar cada vez mais bonitos tiveram que fazer uso de um aliado…

Por Redacao em 23/08/2011

As mulheres na sua grande maioria aderiram os cabelos lisos, e para deixar cada vez mais bonitos tiveram que fazer uso de um aliado muito importante, a chapinha. Usar só o secador de cabelos para que eles fiquem lisos não é o suficiente, sempre fica alguns frizz que incomodam e os crespos tendem a voltar. A chapinha ajuda no processo de alisamento mais eficiente e mais rápido, hoje o mercado pode contar com vários tipos de chapinha e a maioria com tratamento para os fios. Mesmo com os vários tipos de alisamentos para cabelos, a chapinha não é dispensada, é preciso usar para que o efeito liso seja mais intenso e para que tenha mais brilho. O mercado oferece muitas opções, uma para cada tipo de cabelo, mas a intenção é que a chapinha seja usada como tratamento e não para estragar os cabelos.

Como usar a chapinha corretamente?

A chapinha é a aliada número um das mulheres, muitos comentários existem em relação a esse instrumento tão necessário na vida das mulheres. Alguns dizem que ela queima os cabelos, outros afirmam que não, mas se usada da forma correta a chapinha é uma grande aliada para manter o brilho e fechar a cutícula dos cabelos. Mas para que o efeito da chapinha seja como um tratamento é preciso ter alguns cuidados como:

– Após lavar os cabelos com um shampoo de qualidade e usar o condicionador, é preciso passar um creme termoativado;

– Secar muito bem os cabelos é de extrema importância antes de passar a chapinha;

– Cuidar a temperatura da chapinha também é fundamental, a maioria das chapinhas hoje em dia já vem com um termostato que avisa a temperatura;

– A chapinha deve ser passada da raiz em direção as pontas dos cabelos, dessa forma ela fecha as cutículas dos fios proporcionando brilho e maciez;

– Após o uso da chapinha é muito importante passar um reparador de pontas a base de silicone.

Uma dica muito importante para quem faz uso da chapinha regularmente é fazer uma hidratação a cada quinze dias ou uma por mês. A hidratação vai fazer com que os fios permaneçam lisos, hidratados e brilhantes sem ter que se livrar da chapinha.

Tipos de chapinhas

A maioria das chapinhas são de alumínio revestidas de cerâmica ou turmalina, que são as mais usadas, cada uma com um tipo de efeito diferente. Confira a baixo:

Chapinhas com turmalina

A turmalina é um tipo de material que emite íons negativos naturalmente. Os íons negativos ajudam a neutralizar a carga positiva dos cabelos secos e frisados, além de selar as cutículas dos fios, mantendo a hidratação natural dos fios, deixando os cabelos mais sedosos e brilhantes.

Chapinhas com cerâmica

A cerâmica é responsável por manter a temperatura constante no perfil das chapas, sendo mais eficiente, pois facilitam o deslizamento da chapa. Emite raios infravermelhos que penetram nos fios de cabelo de dentro para fora e mantém os cabelos hidratados naturalmente. Chapinhas com cerâmica também atingem a temperatura ideal com mais rapidez.

Concluindo

É importante que a escolha da chapinha seja feita de acordo com a necessidade de cada cabelo. As chapinhas de qualidade são as melhores e mais confiáveis para que os fios fiquem hidratados e brilhantes, e podem ser encontradas nas lojas de eletrodomésticos e nas lojas especializadas em cosméticos e todo tipo de acessório de beleza. Depois que a chapinha chegou ao Brasil, a vida das mulheres ficou muito mais fácil, pois não é preciso ir a um salão de beleza para alisar os cabelos e deixá-los com brilho e hidratados. Mulheres modernas já carregam uma chapinha dentro da bolsa e pode ser usada em qualquer lugar e a qualquer momento, basta ter uma tomada perto.

Top