Qual açucar usar, conheça as diferenças

É impossível resistir a variedades de doces que estampam prateleiras de mercados e padarias. Entre aqueles que desejam emagrecer, a tentação é ainda muito…

Conheça as diferenças entre os tipos de açúcar.

É impossível resistir a variedades de doces que estampam prateleiras de mercados e padarias. Entre aqueles que desejam emagrecer, a tentação é ainda muito maior. Infelizmente o açúcar é um grande vilão para a saúde. Esse alimento não oferece nutrientes essenciais ao organismo, sendo responsável por grande parte do nosso ganho de calorias. Conheça um pouco mais sobre os tipos de açucares que existem no mercado e saiba escolher qual o melhor para manter sua saúde.

Tipos de açúcares

São diversas as opções desse produto existentes no mercado. Dentro dessa lista variada, podemos citar o açúcar cristal, o mascavo, o refinado, entre outros. Apesar de ser uma grande variância, a principal diferença entre eles se resume nas etapas do processo de produção. Conheça um pouco mais a respeito de cada um deles.

  • Açúcar cristal

Para que o resultado seja o açúcar cristal, o caldo de cana de açúcar deverá passar pelos processos de purificação, evaporação, cristalização, centrifugação e, para terminar as etapas, a secagem. Ao fim de todo o processo, o que se obtém como resultado é o açúcar cristal.

  • Açúcar refinado

O açúcar mais consumido pela população é obtido após o processo do açúcar cristal. Logo após a secagem, o açúcar é diluído para a formação de uma calda. Essa última passa por diversos processos, até chegar ao peneiramento, responsável pela formação do açúcar refinado.

  • Açúcar de confeiteiro

Após o açúcar refinado ter passado pelo processo de separação de grãos (peneiramento), adiciona-se a ele uma quantidade de amido. A principal finalidade dessa substância é evitar que ocorra aglomeração dos grãos de açúcar cristal.

  • Açúcar light

O açúcar light é obtido também pelo mesmo processo que origina o açúcar refinado. Porém, sua diferença é que no light é adicionado um adoçante artificial denominado sucralose. Ele tem um poder de dar gosto adocicado aos alimentos de até 600 vezes mais, o que diminui seu consumo.

  • Açúcar mascavo
Continuar Lendo  08 de maio: Dia do artista plástico

O açúcar mascavo também passa pelas etapas do processo anteriormente mencionado. Porém, esse tipo não passa pelo processo de refinamento, por isso apresenta vitaminas e minerais que não estão presentes na versão refinada.

Açúcar mascavo não refinado, com vitaminas e minerais.

  • Açúcar orgânico

O que difere esse açúcar dos demais é a utilização de uma cana de açúcar que é cultivada sem fertilizantes químicos. Além disso, ele possui características nutricionais que são parecidas ao açúcar mascavo.

Açúcar mascavo – o açúcar do bem!

Como foi anteriormente mencionado, o açúcar mascavo apresenta uma composição rica em nutrientes e vitaminas. Ele é uma ótima opção para aqueles que desejam obter uma alimentação saudável. Como não passa por nenhum processo de industrialização, é um produto natural e que contém todos os ingredientes da cana-de-açúcar. O açúcar mascavo é fonte de:

  • Carboidrato;
  • Potássio;
  • Cálcio;
  • Magnésio;
  • Fósforo;
  • Vitaminas A, D, E, C e do complexo B.

Apesar daa grandes vantagens apresentadas pelo açúcar mascavo, assim como qualquer outro, ele deve ser consumido em pequenas quantidades.

Aprecie com moderação

Qualquer açúcar, apesar de ser extremamente agradável ao nosso paladar, quando consumido em excesso pode trazer graves desequilíbrios a nossa saúde. Entre eles, o que é mais facilmente notado, é o ganho de peso. Além disso, os quilos extras são fatores de risco para o aparecimento de doenças cardiovasculares, assim como o diabetes. Por isso, nada de exageros na hora de consumi-lo.

É difícil resistir às tentações, porém é preciso consumir o açúcar com moderação.

Top