Qual a hora certa para mudar de emprego?

Saber a hora certa de admitir que não dá mais certo trabalhar em determinada companhia é uma das qualidades necessárias para que não pare…

Saber a hora certa de admitir que não dá mais certo trabalhar em determinada companhia é uma das qualidades necessárias para que não pare de crescer profissionalmente. “Arrumar as malas” e ir embora de uma empresa é uma situação sinalizada por vários momentos que você enfrenta em seu dia a dia. Preste atenção em tudo que mudou negativamente em sua vida profissional dentro da organização para saber se realmente é a hora certa para mudar de emprego. Para quem tem dificuldades de entender esses sinais, veja abaixo algumas dicas.

Leia mais sobre: Vida profissional: saiba como mudar de carreira

Avalie seu nível de cansaço (Foto: Divulgação)

Falta de reconhecimento

Grande parte das pessoas acabam deixando o emprego porque não sentem-se reconhecidos profissionalmente. É natural que as pessoas queiram o mínimo de reconhecimento com relação as funções desempenhadas em seu trabalho. Quando o seu gestor não é capaz de elogiar nem por um segundo seu desempenho, sempre passa mais serviço para você e ainda acha que tudo que é feito por você não passa de obrigação, chegou o momento de mudar de emprego. Esses pontos sinalizam que é bem complicado ser promovido em uma companhia assim, já que o seu supervisor simplesmente não reconhece seu trabalho.

Mude de emprego quando tiver oportunidades melhores (Foto: Divulgação)

Reajuste salarial pode sinalizar que chegou o momento de mudar

Os profissionais que pedem aumento de salário para que se adéque a sua nova função ou aos encargos de sua colocação e não conseguem podem se cansar dessa situação e passar a avaliar uma saída da companhia. Isso também é um modo de valorização. Salário maior significa promoção. Quem não recebe um salário maior depois de um certo tempo na companhia desempenhando bem mais que o seu papel precisar fazer algo para mudar o desenho do seu futuro profissional. Se essa pessoa não começar a ver o que o mercado tem para a oferecer pode passar anos com o salário defasado.

Confira também: Dicas de motivação para o trabalho

Desgaste com o ambiente de trabalho também sinaliza necessidade de mudança

Quem começa a ter problemas com colegas de trabalho, chefe e até com a filosofia de trabalho da companhia deve avaliar depressa uma saída do emprego. O primeiro passo para não começar a se cansar da situação e indiretamente cavar uma demissão, ou desgaste ainda maior, é pensar o que de fato você quer para o seu futuro profissional. Depois disso, comece a encaminhar currículos, converse com amigos para saber quais as oportunidades que o mercado oferece, e quem sabe, alguém lhe indica para outra companhia.

Pense bem antes de sair de uma empresa

Não adianta achar que tudo na companhia que não lhe agrada de fato é motivo para deixar o emprego, pois não funciona bem assim. Você trabalha porque necessita pagar as suas contas e sobreviver, por esse motivo, leve em conta que ficar mudando de emprego sempre que um obstáculo surge não é legal. Além disso, todas as empresas oferecem problemas, em escalas diferentes, mas é comum com o dia a dia que o desgaste venha. Se gostar do que faz, o salário for bom e organização oferecer a possibilidade de trocar de função e departamento, tente isso antes de pedir demissão. Use o bom senso para não sair perdendo na troca de emprego e veja como o mercado se comporta nesse período, para não pedir demissão e depois encontrar problemas em ser contrato por outro local.


Top