PUC fecha cinco cursos em 2013

A PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo) precisou fechar cinco cursos superiores neste ano letivo de 2013. O motivo para o encerramento das…

Por Isabella Moretti em 29/01/2013

A PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo) precisou fechar cinco cursos superiores neste ano letivo de 2013. O motivo para o encerramento das graduações foi porque as turmas não atingiram o número mínimo de alunos.

Prédio da PUC em São Paulo. (Foto:Divulgação)

Os estudantes que passaram com boas notas nos cursos cancelados terão vagas garantidas em outros cursos da universidade. As graduações fechadas em 2013 pertencem à Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes da PUC-SP.

Saiba mais: Lista de aprovados vestibular PUC-SP 2013

☰ CONTEÚDO

Cursos da PUC que foram fechados em 2013

A PUC não receberá novas turmas este ano para os cursos de licenciatura em Letras com ênfase em Língua Portuguesa, Língua Espanhola, Língua Francesa e Língua Inglesa. O curso de licenciatura em Filosofia também teve o seu primeiro período cancelado este ano.

Sobre os cursos cancelados

O curso de Letras, que tem duração de três anos e visa à formação de professores, tinha 25 vagas para cada turma, considerando as habilitações em Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Língua Espanhola e Língua Francesa. Na mesma área, a PUC-SP preservou o curso de bacharelado em Letras, responsável por formar tradutores.

Licenciatura em Letras não terá turma aberta em 2013. (Foto:Divulgação)

A licenciatura em Filosofia também acabou sendo cancelada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo devido o baixo número de interessados. O curso que forma professores de filosofia oferecia 20 vagas para cada turno (matutino/noturno) e tinha duração de três anos.

Polêmicas envolvendo a PUC

Não é a primeira vez que a PUC decreta cancelamentos. No ano passado, a instituição fechou 400 disciplinas da grade curricular de cinco cursos. O curso de Administração, por exemplo, teve 92 matérias eliminadas. O critério adotado pela PUC foi de excluir todas as turmas com menos de 25 alunos cada.

A PUC é conhecida em todo o Brasil por ter a maior mensalidade das instituições privadas do país. O alto custo tem levado muitos estudantes a desistirem dos cursos na metade e deixado a quantidade de vagas ociosa.

Estudantes da PUC protestando. (Foto:Divulgação)

Além das 400 disciplinas canceladas, o ano de 2012 rendeu outras polêmicas para a PUC-SP. Diversas manifestações aconteceram na universidade, principalmente após a nomeação da professora Anna Cintra ao cargo máximo da reitoria. Com 73 anos de idade, ela ficou em terceiro lugar na votação e mesmo assim foi nomeada reitora pelo cardeal Dom Odilo Scherer.

Cerca de 600 estudantes da PUC-SP resolveram fazer uma greve até que Anna Cintra fosse afastada do cargo.

Apesar da crise que tem enfrentado nos últimos tempos, a PUC-SP preserva o título de melhor universidade particular do Estado de São Paulo e a segunda melhor do país, de acordo com os dados divulgados pelo MEC.

Veja também: Melhores Universidades Particulares do Brasil

Top