PROUNI 2016 Inscrições, Dúvidas e Calendário

Confira tudo sobre PROUNI 2016 Inscrições, Dúvidas e Calendário. O Programa Universidade para Todos ajuda milhares de brasileiros a realizar o sonho da faculdade,…

Por Isabella Moretti em 18/03/2016

Confira tudo sobre PROUNI 2016 Inscrições, Dúvidas e Calendário. O Programa Universidade para Todos ajuda milhares de brasileiros a realizar o sonho da faculdade, distribuindo bolsas integrais e parciais em todo o país.

PROUNI 2016: Inscrições, Dúvidas e Calendário. (Foto Ilustrativa)

PROUNI 2016: Inscrições, Dúvidas e Calendário. (Foto Ilustrativa)

O Prouni foi criado pelo Ministério da Educação em janeiro de 2005, através da Lei nº 11.096. Desde o começo, a iniciativa se comprometeu em distribuir bolsas de estudo às pessoas que não podem pagar as mensalidades da graduação. Para alcançar os seus objetivos, o programa estabelece parceria com instituições privadas de ensino superior.

Em sua primeira edição de 2016, o Prouni recebeu mais de 550 mil inscrições. Já o número de bolsas ofertadas no primeiro semestre do ano foi de 203.602.

Leia mais: Prouni inscrições para bolsas 2015

PROUNI 2016 Inscrições, Dúvidas e Calendário

Veja mais sobre PROUNI 2016 Inscrições, Dúvidas e Calendário:

Inscrições Prouni 2016

As inscrições Prouni são realizadas pela internet, através do endereço siteprouni.mec.gov.br. Não é preciso pagar taxa para participar da disputa por uma bolsa de estudo.

Dúvidas sobre Prouni 2016

As inscrições são realizadas duas vezes ao ano. (Foto Ilustrativa)

As inscrições são realizadas duas vezes ao ano. (Foto Ilustrativa)

Confira a seguir uma seleção com perguntas e respostas sobre o Prouni:

Quem pode participar do Prouni?

Para participar do Prouni é preciso se enquadrar nas seguintes condições: ter cursado o ensino médio na rede pública ou em uma escola particular com bolsa integral, ter tirado mais de 450 no Enem e ter renda familiar compatível com o programa.

Qual a renda para concorrer às bolsas?

As pessoas interessadas em receber bolsa integral (100%) devem ter renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa (R$1.320,00). No caso da meia bolsa (50%), a renda per capita não pode ultrapassar três salários mínimos (R$2.640,00).

Como funciona a seleção?

O Prouni tem uma mecânica bem simples para selecionar os bolsistas. Primeiro o sistema classifica os candidatos com base na nota do Enem do ano anterior. Aqueles que tiveram o melhor desempenho garantem as bolsas. Em um segundo momento é realizado um processo para a ocupação das vagas remanescentes.

Saiba mais: Como conseguir bolsas no Prouni

A opção de curso pode ser modificada?

Enquanto o período de inscrição estiver em andamento, o candidato pode se sentir à vontade para modificar a primeira e a segunda opção de curso.

O Prouni distribui bolsas de estudo em instituições públicas e privadas. (Foto Ilustrativa)

O Prouni distribui bolsas de estudo em instituições públicas e privadas. (Foto Ilustrativa)

O que é preciso para a matrícula?

O candidato classificado no processo seletivo do Prouni deve providenciar os documentos necessários para a matrícula. Toda a documentação deve ser apresentada na instituição de ensino que oferece a bolsa.

Qual a diferença entre Prouni e Sisu?

O Prouni distribui bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior. Já o Sisu se encarrega de substituir o vestibular em universidades e institutos federais. Ambos os programas usam o Enem como critério de seleção.

O Prouni tem cotas?

Sim! O programa tem cotas reservadas para pretos, pardos e indígenas. Também há reservas de bolsas para portadores de deficiência. O número de cotistas depende dos dados do censo do IBGE.

Quais são os critérios de desempate?

Se os candidatos ficarem empatados na classificação, o Prouni considera a maior nota na prova de redação do Enem para fazer o desempate. Caso a média continue igual, considera-se o desempenho na prova de linguagens, códigos e suas tecnologias.

Como funciona a lista de espera?

Se o candidato não for classificado na 1ª e na 2ª chamada, ele tem o direito de manifestar interesse na lista de espera. Esse processo tem como objetivo preencher as vagas remanescentes nas universidades parceiras do Prouni. A nota obtida no Enem 2015 prevalece como critério de classificação.

Como funciona a nota de corte no Prouni?

A nota de corte é determinante para a aprovação de candidatos do Prouni. Uma vez por dia, o sistema calcula uma nota de corte, ou seja, a menor nota para ficar entre os classificados no curso. O valor é definido através de um cálculo que leva em consideração o número de vagas disponíveis e o desempenho dos candidatos inscritos no Enem.

Depois de ganhar a bolsa do Prouni, é preciso prestar vestibular?

Não. Depois de garantir a bolsa no Prouni 2016, o estudante não precisa realizar o vestibular tradicional da universidade que escolheu. Só é preciso se preocupar com a seleção de documentos para realizar a matrícula.

Quais são os tipos de bolsa?

O Prouni 2016, assim como aconteceu nas edições anteriores, vai trabalhar com dois tipos de bolsa: integral (100%) e parcial (50%). No primeiro caso, o estudante precisa ter renda per capita familiar de até um salário mínimo e meio por pessoa (R$1.320,00). Já a meia bolsa é destinada às pessoas com renda familiar de até três salários mínimos (R$2.640) por pessoa.

Posso usar Prouni e Fies ao mesmo tempo?

Sim. O bolsista parcial do Prouni 2016 poderá solicitar o FIES para financiar o restante do valor do seu curso. A única proibição que existe é usar o programa de financiamento e o de programa de bolsas simultaneamente em cursos diferentes.

Calendário Prouni 2016

Quem não conseguiu bolsa deve aguardar o segundo semestre. (Foto Ilustrativa)

Quem não conseguiu bolsa deve aguardar o segundo semestre. (Foto Ilustrativa)

Tudo indica que o programa terá duas edições no ano, selecionando bolsistas no início de cada semestre. Confira abaixo o calendário do Prouni 1º semestre de 2016, com as datas relacionadas à inscrição, matrícula e vagas remanescentes.

Período de inscrições: de 19 a 22 de janeiro de 2016;

Primeira chamada: 25 de janeiro;

Matrícula da 1ª chamada: de 25 de janeiro a 1º de fevereiro;

Segunda chamada: 12 de fevereiro;

Matrícula da 2ª chamada: de 12 a 18 de fevereiro;

Lista de espera: de 26 a 29 de fevereiro.

Se você não conseguiu uma bolsa de estudo, não desanime. O Programa Universidade para Todos abrirá novas vagas para o próximo semestre.

Veja também: O que e como funciona o Prouni

Agora você já sabe tudo sobre PROUNI 2016 Inscrições, Dúvidas e Calendário. Inscreva-se no programa e garanta a sua vaga na universidade. Para mais informações sobre a iniciativa, entre em contato pelo telefone 0800-616161. Também é possível encaminhar as dúvidas sobre o programa de bolsas através do site do MEC. Continue no Mundo das Tribos e veja outras matérias sobre educação.

 

Top