Prós e contras da carne de porco

Prós e contras da carne de porco

A carne suína é, sem dúvida, uma das carnes mais cercadas de mitos e verdades. O baixo consumo de suínos no Brasil está relacionado…

Por Editorial MDT em 27/09/2013

A carne suína é, sem dúvida, uma das carnes mais cercadas de mitos e verdades. O baixo consumo de suínos no Brasil está relacionado a algumas características dos consumidores, que vão desde questões culturais, crenças até cuidados com a boa forma e saúde.

A criação de porcos mudou muito nos últimos tempos. (Foto: divulgação)

O fato é que os consumidores ainda veem o porco como aquele animal criado no chiqueiro, que se alimenta de lavagem e cuja carne é capaz de provocar várias doenças. No o entanto, o que algumas pessoas não sabem é que a produção de suínos passou por grandes avanços tecnológicos e a realidade atual é bem diferente. Esclareça algumas dúvidas e conheça os prós e contras da carne de porco.

Benefícios da carne de porco

Saiba quais são os principais benefícios da carne de porco e desmistifique o assunto:

  • Carne magra

Enquanto o produto suíno mais valorizado até meados da década de 50 era a banha, atualmente o óleo mais utilizado é o vegetal, especialmente o de soja. O resultado é que os animais, antigamente criados para desenvolver um alto teor de gordura corporal, agora apresentam uma carne muito mais magra e saudável.

Dependendo do corte da carne e da forma como é preparada, ela pode apresentar quantidades baixíssimas de gorduras e calorias. Os melhores cortes para quem quer emagrecer são o lombo (158 calorias e 9g de gordura em cada 100g de carne), paleta (102 calorias e 2g de gordura), e pernil (137 calorias e 6g de gordura). Só para ter uma ideia, 100g de peito de frango apresenta 114 calorias e 2g de gordura, enquanto o filé-mignon possui 193 calorias e 12g de gordura.

A carne de porco é uma boa opção para quem deseja emagrecer. (Foto: divulgação)

  • Rica em nutrientes

A carne de suína é uma excelente fonte de proteínas, necessárias para a construção de fibras musculares e desenvolvimento dos tecidos. Também apresenta boa concentração de vitaminas do complexo B, especialmente a tiamina (B1), que além de contribuir para o adequado funcionamento do sistema nervoso e neuromuscular, facilitando a propagação dos impulsos nervosos, ainda está relacionada ao metabolismo dos carboidratos.

Malefícios da carne de porco

Conheça os principais riscos que a carne de porco pode oferecer:

  • Risco de doenças

A carne de porco está relacionada à cisticercose, uma doença que pode ser adquirida mediante a ingestão de carnes de procedência duvidosa, em animais que não recebem os devidos cuidados de saúde. Por isso, a maneira mais segura de se prevenir é comprar carnes de boa procedência e nunca consumi-la mal passada, ou com indícios de que esteja estragada ou fora da data de validade.

A cirticercose pode ser causada pelo consumo de carne mal passada. (Foto: divulgação)

Apesar de a carne de porco ser a mais saborosa para o paladar dos brasileiros, ainda é uma das menos consumidas. Vale a pena conhecer mais a respeito do assunto e conhecer os prós e contras desse produto.

Top