Programa Leve Leite

Criado no ano de 1995, pelo então prefeito Paulo Maluf, o Programa Leve Leite, da Prefeitura Municipal de São Paulo, tem o objetivo de…

Alunos da rede municipal de São Paulo têm direito ao benefício

Criado no ano de 1995, pelo então prefeito Paulo Maluf, o Programa Leve Leite, da Prefeitura Municipal de São Paulo, tem o objetivo de acabar com a desnutrição alimentar das crianças  de famílias de baixa renda, matriculadas na rede municipal de ensino da capital paulista, incluindo as creches, escolas de educação infantil, educação especial e do ensino fundamental (1º grau). Os estabelecimentos de ensino conveniados à prefeitura também participam.

O combate à desnutrição é feito através da distribuição de leite em pó para os alunos, e de acordo com o órgão municipal, atualmente são beneficiados cerca de 900.000 estudantes por mês, que dividem um total de 1.720.000 quilos de leite, a cada mês.

Desde a sua elaboração, o programa passou por algumas alterações, sendo a principal delas instituída a partir de agosto de 2009, quando os beneficiados passaram a receber o leite diretamente na sua casa, trazendo assim maior garantia de que o benefício seja realmente entregue. Anteriormente, as escolas eram as responsáveis pela distribuição do leite, que era entregue aos alunos em sala de aula.

Quem tem direito ao benefício

Para ter direito de receber o leite, o aluno deve apresentar uma frequência mínima de 90% nas aulas, a contar dos meses anteriores à distribuição. Comprovado este requisito, o estudante irá receber em sua casa, cujo endereço estiver cadastrado na escola, os 2 quilos de leite por mês, somando 4 latas a cada bimestre.

O leite passou a ser entregue em casa

Cabe lembrar que o endereço deve estar atualizado, e caso ocorra alguma mudança, é preciso informar à escola sobre o fato, para que a criança não fique sem receber o benefício. A residência cadastrada pode ser aquela em que o aluno more com os seus pais ou alguma outra de confiança da família, como a de um parente ou amigo. É importante lembrar que na hora da entrega, é necessária a presença de uma pessoa maior de 18 anos de idade para receber o produto.

Continuar Lendo  Textos de Reflexão Sobre a Vida

A data da entrega é definida de acordo com a faixa do CEP de cada residência, e todo o processo é comandado pelos Correios. O cronograma pode ser conferido através da internet, na página da Secretaria Municipal de Educação.

Onde buscar informações sobre o programa

Caso o aluno esteja dentro dos critérios para participar do programa, mas por algum motivo não esteja recebendo o leite, os pais ou responsáveis devem procurar a escola que a criança frequenta para saber o que está acontecendo.

Se nada for resolvido com a instituição de ensino, basta entrar em contato com a Prefeitura de São Paulo, através do telefone 156 ou por meio do site da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo (clique aqui para acessar).

Informações sobre o programa

Top