Programa Juro Zero SC: como funciona

Quer abrir o seu próprio negócio, mas não sabe como? Você pode aproveitar os incentivos do poder público, que nos últimos anos criou vários…

Por Paulo Lima em 03/02/2012

O Programa Juro Zero oferece linha de crédito de até R$3 mil ao microempreendedor.

Quer abrir o seu próprio negócio, mas não sabe como? Você pode aproveitar os incentivos do poder público, que nos últimos anos criou vários projetos para fomentar o empreendedorismo em nosso território.

Uma dessas iniciativas é o programa Juro Zero, destinado ao microempreendedor individual (MEI). A ação foi criada pelo governo catarinense, através da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável e da Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina. Ela ainda conta com o apoio do SEBRAE/SC (Serviço de Apoio à Micro e Pequenas Empresas) e de algumas instituições de crédito da região.

Como funciona

Pagando suas prestações em dia, o governo do estado de SC quita a última parcela.

Quem é cadastrado no programa tem direito a uma linha de crédito de, no máximo, R$3.000,00. Caso todas as prestações sejam pagas em dia, o governo estadual se compromete com a última parcela. Entretanto, o empréstimo só é concedido por empresas habilitadas pelo Badesc. Você pode consultar as instituições que oferecem atendimento no site do próprio programa.

Para participar, é preciso ser microempreendedor individual com receita bruta anual de até R$36.000,00. Além disso, o candidato não pode ser sócio de outros empreendimentos, ter mais de um estabelecimento e mais de um funcionário, que deve ganhar salário mínimo ou o piso da categoria.

Os participantes recebem acompanhamento especializado de agentes de orientação empresarial do SEBRAE. A ajuda visa fornecer ao empreendedor o conhecimento necessário para que ele possa desenvolver uma gestão inovadora e sustentável do seu próprio negócio (o acompanhamento só dura enquanto o MEI estiver participando do Juro Zero).

Como formalizar o seu negócio

Para formalizar o seu negócio, você deve estar dentro de algumas exigências.

Lembrando que nem toda atividade comercial é reconhecido para o MEI (consulte a lista de atividades reconhecidas aqui). Portanto, fique atento a este detalhe para saber se você tem direito ao beneficio ou não.

Caso esteja dentro dos pré-requisitos exigidos pelo programa e ainda não seja formalizado, faça o seu cadastro no Portal do Empreendedor. Basta preencher um formulário informando os seus dados pessoais. Na página, ainda é possível consultar certificado, imprimir o carnê de pagamento mensal, o relatório mensal das receitas brutas e acessar outros serviços.

Não perca esta oportunidade e participe do programa. Quem sabe este não era o incentivo que você estava precisando para dar um up-grade no seu negócio?

Top