sábado, 13 de agosto de 2022 - 13/08/2022 00:20:12
MundodasTribos

Você já deve ter ouvido ou visto em algum filme Americano ou mesmo brasileiro sobre o retrato falado. Ele nada mais é uma descrição da vítima ou testemunha sobre um determinado delinquente que infligiu a lei, essas pessoas vão à delegacia é descrever para um policial específico as características físicas para que possam iniciar uma busca e apreensão. Uma novidade foi divulgada pela Polícia Federal ainda em 2009, o Programa “Horus” será utilizado para identificar criminosos e pessoas desaparecidas, o grande destaque do programa é sua qualidade fotográfica, que é bem superior ao antecessor.

O que este artigo aborda:

Programa Horus da Polícia Federal – Retrato Falado

Para facilitar a busca a suspeitos foragidos da polícia, o programa Horus foi desenvolvido com a finalidade de facilitar a descrição das características de suspeitos. O Software era usado apenas com imagens preto e branco e baixa resolução, com esse upgrade, ele agora entrega imagens de alta resolução e colorida.

O programa foi desenvolvido por profissionais do Instituto Nacional de Identificação e foi apresentado a 100 papiloscopistas de todo o país onde esses, receberam treinamento para aprender a operar o programa. O funcionamento do software é simples, foi criado um banco de imagens coloridas com características de pessoas brasileiras, com a possibilidade de acrescentar detalhes que ajudarão a tornar os retratos mais próximos do real. Ao todo são 4 mil imagens já registradas no programa de retrato falado da PF.

Outra finalidade do programa será a de localização de crianças desaparecidas, a partir do uso de imagens do pai e da mãe, aliado a atualização da foto da vítima, de acordo com sua idade atual. Essa é uma das funcionalidades mais surpreendentes que existem do programa, afinal de contas, é complicado você conseguir identificar alguém sumido ainda quando criança depois de adulto, visto que existem pessoas com traços semelhantes.

Retrato Falado – Programa da Polícia Federal

De acordo com a PF, suspeitos de participação em crimes de grande repercussão no país foram presos a partir do retrato falado. Entre os exemplos estão o envolvidos no assalto do Banco Central de Fortaleza e no assassinato da missionária Dorothy Stang, no Pará. Desde então percebe-se o quão é importante que vítimas e testemunhas se dirijam às delegacias para poderem dar seu depoimento e ajudar em investigações contra crimes pequenos, médios e de grande porte. Faça sua parte e contribua com a segurança sua e de todos.

O conteúdo "Programa Horus da Polícia Federal – Retrato Falado" foi feito por Editorial MDT e distribuído por MundodasTribos na categoria Brasil em . Conteúdo atualizado em .

1

Pode ser do seu interesse

Moda Feminina Outono Inverno 2016 – Fotos

Moda Feminina Outono Inverno 2016 – Fotos

RBD Divulgou Fim do Grupo

RBD Divulgou Fim do Grupo

Pepsico admite falhas no envasamento de Toddynho

Pepsico admite falhas no envasamento de Toddynho

Nascem os Gêmeos de Angelina Jolie

Nascem os Gêmeos de Angelina Jolie

Resultados da Caixa 2008 – Lista de Aprovados CEF

Resultados da Caixa 2008 – Lista de Aprovados CEF

Construtora Tenda – Casas e Apartamentos

Construtora Tenda – Casas e Apartamentos