Programa Bolsa Atleta 2012

O Programa Bolsa Atleta tem como finalidade beneficiar os jovens que praticam esportes e não possuem um patrocínio. Essa iniciativa do Governo Federal tem…

Por Isabella Moretti em 29/06/2011

O Programa Bolsa Atleta tem como finalidade beneficiar os jovens que praticam esportes e não possuem um patrocínio. Essa iniciativa do Governo Federal tem contribuído com a carreira esportiva e facilitado a vida de grandes talentos brasileiros. O dinheiro da bolsa contribui com as despesas pessoais e com a manutenção do atleta de baixa renda.

O Bolsa Atleta se preocupa com a manutenção do esportista, além de criar condições para o seu treinamento e facilitar a participação em torneios da modalidade. É claro que os atletas contemplados também possuem a obrigação de prestar contas do dinheiro recebido e seguir os critérios do programa para não perder essa assistência financeira tão importante para a carreira.

O valor da bolsa atleta varia de acordo com o perfil do contemplado, sendo 300 reais para atletas estudantes e até 2500 reais para esportistas olímpicos. Essa proposta do Governo Federal é uma forma de incentivar a prática de esportes entre os brasileiros e melhorar o desempenho do país nas competições internacionais.

O Ministério do Esporte é responsável por determinar os atletas que serão contemplados com a bolsa-auxílio, seguindo assim os valores designados pela tabela. Alguns pré-requisitos são estipulados para a liberação do benefício, como não possuir patrocínio, não receber salário pela prática do esporte e ter participado de competições no ano anterior. O esportista precisa ser ativo, tanto nos treinos como também nas participações em campeonatos oficiais.

O Programa Bolsa Atleta 2012 provavelmente seguirá o perfil das edições anteriores, com os mesmos critérios de seleção de participantes e valores. O pagamento do benefício é feito mensalmente pela Caixa Econômica Federal de acordo com a carreira de cada esportista. Os atletas estudantis recebem R$300,00, os atletas nacionais R$ 750,00, os atletas internacionais R$ 1.500,00 e por fim, os atletas olímpicos ou paraolímpicos faturam R$ 2.500,00 com a assistência financeira.

Ao ser aprovado no processo de bolsa atleta, o esportista recebe o dinheiro durante um ano e depois terá que refazer a inscrição para continuar sendo contemplado com o valor. O ME é bastante criterioso para determinar os nomes dos beneficiários ou mesmo para renovar o direito ao recebimento da bolsa.

Como nas edições anteriores do programa, as inscrições Bolsa Atleta 2012 serão realizadas pela internet. Em seguida, o esportista deverá comparecer ao ME com todos os documentos necessários para oficializar seu cadastramento. Os resultados dos pedidos de bolsas são enviados por meio de correspondência após o período de seleção. Os contemplados terão um prazo de até 30 dias para assinar o termo de adesão e assim começar a receber o auxílio. Caso não seja um cliente da Caixa, terá que abrir uma conta para sacar o dinheiro do programa todo mês.

O atleta menor de 18 anos não pode assinar o termo de adesão do programa de bolsa, cabendo ao seu responsável fazer isso. A assinatura do documento deve ainda ser reconhecida em cartório, como manda o regulamento. Para não perder a bolsa, o esportista precisa corresponder a todos os requisitos de concessão e tomar cuidado para não ter uma postura irregular na sua carreira no esporte, como por exemplo, a condenação por doping ou a ausência em campeonatos oficiais.

Para mais informações sobre o Programa Bolsa Atleta, acesse o site do Ministério do Esporte e acompanhe as notícias disponíveis no site. O portal procura se manter sempre atualizado e também serve de ferramenta para a primeira etapa do cadastramento.

Invista na sua carreira como atleta e conte com a ajuda do Governo Federal para melhorar o seu desempenho nas competições.

Top