Profissões com as menores taxas de stress em 2014

Para muitos trabalhadores, as oito horas diárias de expediente são uma verdadeira tortura e custam a passar. Já para outros, que estão entre as…

Por Andre em 04/06/2014

Para muitos trabalhadores, as oito horas diárias de expediente são uma verdadeira tortura e custam a passar. Já para outros, que estão entre as profissões com as menores taxas de stress em 2014, o tempo que passam trabalhando é bastante prazeroso e uma oportunidade a mais para mostrarem os seus talentos.

Para alguns profissionais, o trabalho pode ser bastante prazeroso (Foto: Divulgação)

Para descobrir quais são as profissões menos estressantes de 2014, o site “CareerCast, especializado em busca de empregos, realizou uma pesquisa com trabalhadores de vários segmentos no mercado norte-americano.

Após a análise das respostas dos participantes do estudo, foram dadas notas cujos valores mais baixos significam pouco risco de stress, enquanto as notas mais altas revelam grandes possibilidades de que o profissional fique estressado com o trabalho.

As profissões que mais causam depressão

Profissões para trabalhar em casa: dicas

Profissões com as menores taxas de stress em 2014

A carreira de fonoaudiólogo com especialização em audiologia foi considerada a menos estressante por um estudo norte-americano (Foto: Divulgação)

As profissões com as menores taxas de stress em 2014, segundo o site “CareerCast”, são as seguintes:

– Fonoaudiólogo com especialização em audiologia

Nível de stress: 1.000 pontos

– Hair stylist

Nível de stress: 2.000 pontos

– Joalheiro

Nível de stress: 3.000 pontos

– Professor universitário

Nível de stress: 4.000 pontos

– Técnico de Laboratório Médico

Nível de stress: 5.000 pontos

– Costureiro

Nível de stress: 6.000 pontos

– Nutricionista

Nível de stress: 7.000 pontos

– Técnico em registros médicos

Nível de stress: 8.000 pontos

– Bibliotecário

Nível de stress: 9.000 pontos

– Artista multimídia

Nível de stress: 10.000 pontos

Métodos utilizados na pesquisa

Na segunda posição vem a profissão de hair stylist (Foto: Divulgação)

Para a elaboração do ranking das profissões menos estressantes, o site norte-americano levou em conta algumas características que podem influenciar o trabalhador durante o expediente, deixando-o com os “nervos à flor da pele”, devido às exigências da própria profissão.

Entre essas características, foram levadas em conta situações como a necessidade de fazer muitas viagens profissionais ao longo do ano, a elevada competitividade, o fato de ter que lidar com prazos apertados o tempo inteiro e ter a vida de outra pessoa (ou a própria) em jogo. No total, a análise abrangeu 11 itens.

A título de comparação, enquanto a carreira de fonoaudiólogo especializado em audiologia teve 1.000 pontos, o cargo de executivo chegou a nada menos que 193.000 pontos no risco de stress, figurando entre as profissões mais estressantes.

Top