Produtos ideais para fazer penteados

Produtos ideais para fazer penteados

Produtos específicos de funções diferenciadas para cada tipo de cabelo ou penteado. Você pode ter em casa!

Por Redacao em 11/10/2011

O mundo das celebridades é acompanhado por muita gente pela TV, revistas ou internet. A cada evento surgem atores, apresentadores, modelos com penteados de tirar o fôlego e que deixam muita gente pensando: como é que ele/ela consegue um cabelo desses?

É claro que, em alguns casos a genética ajuda, mas não se engane! Penteados perfeitos, cabelos modelados e comportados com brilho e super hidratados são adquiridos, por assim dizer, com o uso de produtos específicos de funções diferenciadas para cada tipo de cabelo ou penteado. E, o melhor: você pode tê-los em casa.

Cabelos

Os cabelos reagem ao clima, aos produtos que se utiliza e até aos movimentos que se faz quando se está penteando. É preciso conhecer o seu tipo de cabelo para saber o que irá favorecê-lo.

Cabelos normais: Têm brilho e maciez próprios e uma aparência saudável. São fáceis de pentear, não ressecam com facilidade e nem com oleosidade. Por produzirem o mínimo de glândulas sebáceas, ficam limpos por mais tempo.

Cabelos mistos: Geralmente as pessoas não nascem com os cabelos mistos, mas adquirem essa característica por fatores externos como a poluição, o uso de produtos em demasia, o clima… Eles são oleosos na raiz e muito secos da metade para as pontas.

Cabelos oleosos: O couro cabeludo libera mais glândulas sebáceas que o normal, o que está diretamente ligado à alimentação ou à hereditariedade. Alguns produtos também podem acentuar o problema. Geralmente são mais finos e sem volume ou movimento.

Cabelos secos: Os cabelos secos não têm oleosidade alguma desde a raiz até as pontas. Diferente dos fios oleosos, eles são volumoso, ásperos e difíceis de pentear. Para piorar, o frizz toma conta!

Produtos

Pomadas: As pomadas dão brilho e definem bem os cabelos repicados. Não deve ser usado nos fios oleoso porque tendem a deixá-los pesados demais. A aplicação é sempre em cabelos já secos para que tenha o efeito desejado.

Cera: Para os cabelos oleosos, a cera é perfeita, pois é de consistência muito leve e adere bem aos fios. Os cabelos com cortes desconectados, ganham estilo bagunçado com a cera de forma bem natural.

Mousse: Para quem tem pouco cabelo ou cachos o mousse é o mais recomendado para definir, modelar e dar maciez às madeixas de forma bem leve. É utilizado nos cabelos molhados e depois secos com difusor, geralmente.

Gel: Hoje existe certo preconceito sobre o gel, mas ele pode sim ser usado desde que seja sem álcool e que aplicado na quantia correta. Ele dá um efeito molhado e doma qualquer frizz.

Spray: O spray não modela os fios, ele apenas fixa. Todo o penteado deve ser feito e, por último ser aplicado o spray para que ele não se solte ou ganhe frizz.

 

Seja qual for o tipo de cabelo, hidrate e mantenha-o limpo. O corte também pode influenciar muito e deixar com uma aparência bem cuidada.

Top