Problemas de saúde comuns em mulheres

Com a independência feminina, as mulheres não ganharam apenas a liberdade, mas, também, mais responsabilidade, seriedade e trabalho. E com essa vida agitada, acabou…

Visite o médico periodicamente para não sofrer das doenças comuns em mulheres. (Foto: Divulgação)

Com a independência feminina, as mulheres não ganharam apenas a liberdade, mas, também, mais responsabilidade, seriedade e trabalho. E com essa vida agitada, acabou não sobrando tempo para algo essencial: a saúde. Sendo assim, conheça os problemas de saúde comuns em mulheres para preveni-los e tratá-los a tempo.

Câncer

Há seis tipos de câncer comuns em mulheres: o de mama, o de pulmão, o de estômago, o de fígado, o de cólon e o de colo de útero. Entre eles, o que mais mata a população feminina é o de mama, que pode ser facilmente prevenido com auto-exames e com a visita frequente ao ginecologista. O fator genético, a menarca precoce, a menopausa tardia, a ausência de filhos e a gravidez após os 30 anos são os principais agravantes para a ocorrência dessa doença que, se for descoberta a tempo, pode ser totalmente curada.

Saiba mais sobre essa doença em: Câncer de Mama – Uma Dura Realidade.

Se tiver mais de 35 anos, faça o exame preventivo uma vez por ano. (Foto: Divulgação)

Vírus Papilomavirus Humanos – HPV

De acordo com pesquisas, cerca de 50 a 80% da população feminina sexualmente ativa será infectada por um ou mais tipos de HPV em algum momento de sua vida. Ela é a doença sexualmente transmissível mais comum entre as mulheres e pode resultar até em um câncer de colo de útero se não for tratada a tempo. Por isso, o exame papanicolau periódico é tão importante e a melhor forma de preveni-la é com o uso de preservativos.

Nesses casos, a higiene íntima é muito importante. Portanto, leia: Tire suas Dúvidas sobre a Higiene Íntima Feminina.

Hipotireoidismo

Hormônios responsáveis pela regulagem de órgãos vitais como o coração, o cérebro e o intestino são produzidos pela glândula chamada tireóide. Portanto, quando há disfunções nela, há reflexos em todo o corpo. A disfunção da tireóide é chamada hipotireoidismo, que é a falta ou a ausência de hormônios tireoidianos. Muitas vezes, ela foi considerada responsável pelo ganho de peso, mas esse mito foi desfeito. A pessoa pode, no máximo, engordar dois quilos por causa dessa doença. Outros sintomas são a lentidão do metabolismo, a sonolência, a fadiga, o intestino preso, as dores musculares e os batimentos cardíacos desacelerados. Para tratá-los são feitas reposições da dosagem correta do hormônio tireoidiano.

Cuide da sua saúde, pois a sua felicidade depende dela. (Foto: Divulgação)

Esses são os problemas de saúde mais comuns em mulheres. Desse modo, visite o seu médico frequentemente para que eles possam ser detectados o quanto antes para serem tratados sem dificuldades. Cuide da sua saúde, pois os outros setores da sua vida dependem muito dela.

Leia Também:  Anel de dois dedos: dicas, como usar

 

 

 

Top