Problemas de audição em crianças

Muitas crianças poderão passar por alguns problemas auditivos. Dentre as várias causas, a mais comum entre elas é a otite média. Como o próprio…

Por Editorial MDT em 23/02/2012

Fique atento aos problemas auditivos na infância

Muitas crianças poderão passar por alguns problemas auditivos. Dentre as várias causas, a mais comum entre elas é a otite média. Como o próprio nome já menciona, é uma infecção da orelha média. Para você entender melhor os problemas de audição que mais acometem os pequeninos, mencionaremos os principais. Porém, lembre-se, qualquer suspeita procure um médico especializado o mais rápido possível.

Problemas de audição infantil

Cera – cerume

O que ocorre nessa patologia é o acúmulo de cera no canal auditivo. Este pode atingir o tampão auricular, impedindo as ondas sonoras de atingir o tímpano, resultando na diminuição da acuidade auditiva da criança. Nesse caso, algumas gotas de um líquido próprio para amolecer a cera auditiva pode ajudar. Após o uso do líquido amolecedor, a cera pode sair de forma espontânea do canal. Porém, para removê-la é necessário um profissional especializado.

Uma maneira para evitar o acúmulo de cera é não utilizar haste flexível para realizar a limpeza dos ouvidos. Na verdade, esse utensílio pode empurrar a cera, favorecendo o fechamento do canal auditivo.

Objetos estranhos
Os responsáveis devem ter um enorme cuidado para que as crianças não introduzam pequenos objetos no ouvido. Assim, é preciso sempre estar atento aos movimentos da criança. Caso esse incidente ocorra, podem trazer graves consequências a audição do pequenino, como por exemplo:

  • Rompimento do tímpano;
  • Bloqueio do som ao canal auditivo;
  • Inflamação do canal auditivo.

Algumas vezes é necessário colocar aparelhos auditivos

Otite externa

A otite externa é uma infecção do canal auditivo externo que pode ser dolorosa e causar o fechamento do canal pelo inchaço. Isso tudo, resulta na perda auditiva da criança por um período temporário. Na maioria dos casos, a infecção é ocasionada por bactérias que se proliferam no local. Para evitar esse tipo de patologia é relativamente simples, basta realizar a secagem do ouvido da criança após o banho ou a natação.

Otite média

Como foi mencionado, essa patologia é a causa mais comum de perda auditiva nas crianças. Mais de 85% das crianças terão pelo menos uma infecção auditiva na infância, demonstrando a partir dos dados o porquê da sua importância.

Há diversos fatores que contribuem para o aparecimento da otite média. O mais comum entre eles é a infecção das adenoides, que hospedam uma bactéria, ou a obstrução da trompa de Eustáquio. Esta é responsável em conectar a orelha média à parte posterior do nariz.

Perda auditiva permanente

Caso haja um problema na orelha interna, ele será o responsável pela perda auditiva, dita neurossensorial. De forma mais leiga, ocasionará a surdez infantil. Dentre as causas que podem afetar a orelha interna estão:

  • Infecções durante a gestação;
  • Falta de oxigênio durante o parto;
  • Causas genéticas.

De modo geral, a perda auditiva neurosensorial não pode ser curada com remédios ou cirurgias. Porém, atualmente, existem aparelhos auditivos que podem ajudar na maioria dos casos. As opções são vastas.

A otoscopia é o exame feito pelo médico para verificar a membrana timpânica

São diversos os problemas que podem ocasionar uma diminuição da acuidade auditiva. Porém, em alguns casos, ela pode ser reversível. Caso alguma criança próxima a você esteja apresentando alguns sinais de déficit auditivo, procure um médico especialista o mais rápido possível.

Top