Problemas comportamentais dos cães

O Brasil é o segundo país do mundo com o maior número de cães, atualmente estima-se que o país possua mais de 33 milhões…

O Brasil é o segundo país do mundo com o maior número de cães, atualmente estima-se que o país possua mais de 33 milhões de animais, ou seja, a população canina é três vezes maior do que a da cidade de São Paulo, um número gigantesco.

Andando pelas ruas brasileiras podemos ver diversas raças de cães, desde os mais caros até os famosos vira-latas e apesar de tantas diferenças muitos problemas de comportamentos são comuns em cães de diferentes raças, como o hábito de pular nos donos e nas visitas, de comer fezes, de correr atrás de pessoas e carros nas ruas, entre outros.

Brasileiros adoram cães como animal de estimação. (Foto: Divulgação)

Problemas comportamentais em cães

Confira abaixo alguns dos problemas comportais de cães mais frequentes e veja algumas dicas simples para reduzir ou acabar com isso se estiver acontecendo na sua casa:

Cães comem fezes por deficiência de nutrientes, tédio e solidão.(Foto: Divulgação)

Para de comer fezes

Muitos cães comem suas próprias fezes ou de outros animais e apesar de parecer estranho, isso é algo bem comum, mas a situação pode ser série se o cão adulto também tiver essa atitude. Cães que comem fezes podem estar se sentindo solitários ou entediados e em casos mais extremos, associam as fezes a punição. O animal também pode estar com vermes e acaba comendo as próprias fezes para recuperar nutrientes.

Para resolver o problema procure dar mais atenção ao seu animal e oferecer alimentos mais vezes ao longo do dia. Retirar as fezes do quintal e andar com focinheira na rua são formas de prevenção.

Veja também: Raças de cães mais perigosas do mundo

Cães mostram sua alegria e poder de comando pulando nas pessoas. (Foto: Divulgação)

Parar de pular

Leia Também:  Dicas para criar cães e gatos em apartamentos

Pular é uma característica comum no mundo dos cachorros, mas ela pode se transformam em um problema caso o cão seja muito grande, ou pule em crianças e idosos.

Para acabar com este problema, a melhor coisa a se fazer é ignorar o animal nestas condições, assim ele percebe que não deve pular nas pessoas quando não receber a ordem. Gritar ou imobilizar o animal só vai deixá-lo mais animado, portanto, faça o contrário, assim ele percebe que não deve pular.

Ao chegar em casa, procure guardar a bolsa e chaves e então vá brincar com o animal, de preferência bem longe de porta de entrada ou portão.

Instinto de ação faz com que animais puxem a guia e seus donos. (Foto: Divulgação)

Para de puxar a guia em passeios

As maiorias dos cães adoram passear, e ficam tão excitados que querem sair no frente dos donos, puxando a guia.

Conheça 10 lições para adestrar seu cachorro

Para resolver problemas comportais com a guia deve-se dar um leve tapinha no animal quando ele tomar esta ação, apenas para chamar sua atenção e então dizer “Calma” ou “Devagar” escolhendo apenas uma palavra para transformá-la em comando. No momento em que ele parar de puxar, faça um carinho e mostro como está satisfeito com suas ações.

Caso os porblemas persistam, é necessário consultar uma ajuda profissional ou médica para avaçiar as condições do animal.

Top