Principais Dúvidas sobre fazer Compras no Paraguai

O Paraguai é o paraíso dos consumidores porque as lojas locais vendem inúmeros produtos por preços baixíssimos graças à política de taxas do país.…

Por Editorial MDT em 25/09/2011

O Paraguai é o paraíso dos consumidores porque as lojas locais vendem inúmeros produtos por preços baixíssimos graças à política de taxas do país. Por isso, muitos brasileiros atravessam a fronteira, seja por terra ou pelo ar, para fazer as suas compras. Entretanto, é preciso tomar alguns cuidados ao fazer compras no Paraguai, pois há muita gente esperta no nosso vizinho.

As principais dúvidas sobre fazer compras no Paraguai com as suas respectivas respostas são:

  • Qual é a cota ou limite de isenção das minhas compras?

Do Paraguai, é possível entrar no Brasil com aquisições sem taxas a partir do momento que não ultrapassem os US$300 tanto pelo transporte terrestre quanto pelo aéreo, se a saída se der em Foz do Iguaçu. No entanto, se o vôo sair do aeroporto de Ciudad Del Leste, o valor aumenta para US$500. Em todos os casos, se as compras ultrapassarem os limites determinados, a taxa da multa é de 50% sobre o valor excedente, ou seja, se você fizer quiser entrar com um produto de US$600 por terra, terá que pagar US$150, pois o valor excedente é de US$300 e a sua metade é US$150. Então, soma-se US$600 com US$150 da multa.

Essa cota é válida para cada pessoa é não é transferível, além de só poder ser utilizada a cada 30 dias. Portanto, mesmo que as pessoas forem casadas, não podem juntar as suas cotas. Crianças e adolescentes, acompanhados ou não, também têm direito à essa cota.

Itens de uso pessoal como roupas, maquiagem, artigos de higiene e calçados não entram na lista de produtos a serem taxados, contanto que sejam caracterizados como tal.

  • O que não é permitido trazer do Paraguai?

Não é permitido trazer bens que revelem o intuito comercial, o que é configurado pela quantidade, natureza ou variedade, pneus, bebidas e cigarros fabricados no Brasil que têm venda exclusiva no exterior, medicamentos, armas e munições, drogas e substâncias entorpecentes, bebidas alcoólicas, fumo e cigarros, se estiverem em posse de menores e bens ocultos com a finalidade de burlar a fiscalização.

  • O que é a DBA?

A sigla DBA significa Declaração de Bagagem Acompanhada e deve ser feita por quem exceder os valores das cotas determinadas em pergunta anterior. Ela deve ser feita na aduana brasileira, que tem o formulário ou pode ser retirada do site da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br).

  • Em quais lojas devo fazer as minhas compras?

Como no Paraguai há infinitas lojas, é preciso saber onde comprar os seus produtos, pois o tempo pode ser curto. Portanto, antes de viajar, pesquise em sites na internet, porque geralmente as lojas que possuem sites são de mais confiança. Sendo assim, quando estiver lá, basta seguir direto ao endereço localizado no site. Porém, na hora da compra, tente sempre pechinchar, pois o preço pode ficar ainda menor.

Nunca compre nas barraquinhas (camelôs) das ruas paraguaias, pois os produtos podem ser falsos ou estarem quebrados, apesar dos preços mais baixos que nas lojas.

  • Como é feito o pagamento no Paraguai?

Você pode comprar com dólares americanos, já que os preços são todos em dólares, ou em reais. Acotação utilizada no Paraguai é a do dólar paralelo, entretanto, não existe uma referência oficial, sendo que cada loja possui a sua cotação.

Portanto, viaje sempre com dólares comprados em sua casa de câmbio de confiança, porque geralmente no Paraguai, os preços dessa moeda são mais altos.

No caso de pagamentos com cartões de crédito, é preciso saber que apenas os internacionais são aceitos e somente em lojas maiores. No entanto, sempre há adição de5 a10% sobre o valor. A fatura do cartão virá em guaranis, por isso, antes de comprar, verifique a cotação do guarani em relação ao dólar na hora da compra.

  • O que devo fazer para não ser lesado?

Os comerciantes paraguaios são conhecidos por quererem levar vantagem sobre os turistas, principalmente porque sabem que será difícil eles voltarem ao país. Desse modo, seja sempre mais esperto que eles. Na hora de levar os produtos, verifique se eles realmente estão nas caixas e perfeitamente embalados, conferindo o número de série do produto com o do termo de garantia. Exija que a compra tenha as etiquetas com os códigos de cada produto e a nota fiscal da compra com o nome da empresa e dos produtos adquiridos com os seus respectivos preços. Somente assim você poderá realizar a troca, caso haja algum defeito. Por isso, antes de comprar algum aparelho, peça para que ele seja testado na sua frente.

  • Qual é o horário de funcionamento das lojas do Paraguai?

O horário comercial paraguaio vai das 7h às 16h de segunda a sexta. Aos sábados, as lojas fecham as suas portas um pouco mais cedo e, aos domingos, poucas lojas estão abertas. Os dias de maior movimento são as quartas e os sábados, além de feriados brasileiros. Sendo assim, o tempo de compras é curto e a pesquisa em sites e uma lista de compras são essenciais para que você possa trazer tudo o que idealizou.

Top