Primeiro banho do bebê: cuidados

Primeiro banho do bebê: cuidados

Há muito tempo, quando um bebê nascia, ficava por vários dias sem tomar banho, por recomendações médicas. Hoje, sabe-se que isso não é necessário…

Por Editorial MDT em 27/06/2012

Há muito tempo, quando um bebê nascia, ficava por vários dias sem tomar banho, por recomendações médicas. Hoje, sabe-se que isso não é necessário e muitos bebês, ainda na maternidade, já são banhados, assim que nascem. Este primeiro banho é feito pela enfermeira, geralmente. O pais costumam sentir muito receio, quanto a isso. Quando o bebê e a mãe vão para a casa, sempre vem alguém mais velho, para ajudar os pais com o banho da criança.

Se a mãe estiver bem e puder se movimentar normalmente, poderá dar os banhos no seu filho, assim como as enfermeiras fazem. Basta seguir alguns cuidados e tudo dará certo. Veja como as mães podem, em casa, dar o primeiro banho do bebê, sem a ajuda de ninguém.

Saiba como preceder: Picadas de insetos em bebê: o que fazer

Cuidados para o primeiro banho do bebê

Verifique a temperatura da água (Foto: Divulgação)

Em primeiro lugar, encha a banheira com água morna. Esta água deve atingir a altura do umbigo do bebê. Não é necessário encher mais do que isso. Em seguida, com o cotovelo ou o antebraço, verifique se a temperatura está agradável. Se estiver tudo bem, a mãe poderá misturar sabonete líquido neutro, nesta água. Se preferir, também pode usar o sabonete em barra.

Tire as roupas do bebê e, com algodão embebido em água, limpe o bumbum da criança.

A mãe começará o banho pela cabeça e a parte frontal do corpo do pequeno. Para isso, é necessário segurar a cabecinha dele, com cuidado. Então, passe uma das mãos atrás do pescoço da criança. Coloque as pontas dos dedos embaixo da axila oposta do bebê, como na foto abaixo:

Segure, abaixo do pescocinho (Foto: Divulgação)

Com a outra mão, segure o resto do corpinho dele e leve-o até a banheira. Vá colocando o bebê lentamente, na água. Isso é bom para ele se acostumar e não sentir nenhum choque térmico. Em geral, os bebês adoram o contato com a água, contudo, como ele é ainda é muito novinho, irá se assustar com o que sentir. Coloque-o, então, com muito cuidado.

Prepare-se para o choro! (Foto: Divulgação)

Com a cabeça do bebê acima do corpinho, lave-a, molhando a mão na água e passando o sabonete, levemente. Faça a mesma coisa com as axilas, peito, dobrinhas da pele e umbigo (que deve ser lavado com muita delicadeza).

Em seguida, com muito cuidado, vire o corpo do bebê, com o bumbunzinho para cima. Lave, então, abaixo da nuca, costas e o bumbum, como na foto, abaixo:

Lavando costas e bumbum (Foto: Divulgação)

O banho está dado! Viu como é fácil? Não precisa ter medo!

Agora, retire a criança da água e leve-a ao trocador ou à cama. Enxugue-a cuidadosamente e limpe o umbigo dela. Aí, entra a parte que aflige muitas mães. O umbigo deve sempre ser cuidado, após a o banho. Recomenda-se a aplicação de álcool 70%, para que fique devidamente higienizado. Este produto não causa dor no bebê. Porém, quanto a isso, o mais indicado é que a mãe converse com o médico antes de sair da maternidade, pois ele indicará o melhor a ser feito.

Muitos pais preferem dar banhos nos bebês em baldes, no lugar de banheiras.

O banho no balde tem sido muito usado (Foto: Divulgação)

Para os pais mais receosos, estes baldes facilitam o banho do bebê, pois evitam que ele afunde, caso as mãos se escorreguem do corpinho da criança. Também contribuem com a confiança do próprio bebê, pois este se sente em posição semelhante à fetal.

Os bebês adoram o contato com a água (Foto: Divulgação)

Veja outros cuidados em: Como escolher piso para o quarto do bebê

Top