Preciso mesmo fazer cirurgia plástica?

A cirurgia plástica tem virado moda, as pessoas acham bem mais fácil resolver algo que lhes incomoda no corpo em uma ou duas horas…

Por Redacao em 01/12/2011

A cirurgia plástica tem virado moda, as pessoas acham bem mais fácil resolver algo que lhes incomoda no corpo em uma ou duas horas de procedimento cirúrgico do que em meses na academia. Cada vez mais os consultórios para procedimentos de cirurgia estética estão ficando cheios e a procura não é para conserto de uma deformação ou algo que prejudique a saúde física ou psicológica, mas sim para buscar a beleza perfeita.

Quem precisa fazer cirurgia plástica

Apenas uma avaliação médica pode afirmar com certeza se você realmente precisa se submeter a esse procedimento cirúrgico. No entanto, sabe-se que pessoas com traumas de infância, como por exemplo, a menina que tinha o nariz fora do padrão e que chamava a atenção dos colegas de classe que a chamavam de nariz de bruxa. Casos desse tipo causam um dano na vida psicológica e pode interferir na autoestima da menina na vida adulta, nesses casos, quando ela atingir a idade apropriada, pode se submeter a cirurgia estética.

Outro caso comum é de uma pessoa que estava acima do peso e conseguiu manter um corpo saudável pesando o apropriado para sua altura, mas houve excesso de pele que esteticamente não fica bem. A retirada desse excesso de pele nos braços e barriga podem ser removidos com a ajuda da cirurgia plástica.

Contraindicação para cirurgia plástica

Pessoas com depressão ou doenças psiquiátricas normalmente são aconselhadas a não fazer um procedimento cirúrgico estético, isso porque esse problema pode refletir no tratamento do paciente e no resultado final que muitas vezes não é aceito pelo paciente, mesmo que tenha sido realizado perfeitamente.

Riscos da cirurgia plástica

A cirurgia plástica precisa de cuidados especiais, afinal, é uma cirurgia que traz riscos como qualquer outra, causando traumas no organismo e, portanto, precisa ser leva a sério. Para se sentir seguro é necessário escolher um bom profissional e com experiência, de qualquer forma, ainda assim há a possibilidade de que algo dê errado, pense muito bem se vale a pena arriscar-se. O procedimento que mais tem reclamação é a lipoaspiração.

E então, faço ou não faço?

Se o que lhe incomoda não poder ser resolvido com outros meios (exercício físico, por exemplo) e for algo que incomode para além da estética, envolvendo traumas psicológicos, é hora de pensar com seriedade na cirurgia plástica.

Mas se a vontade de fazer cirurgia plástica for para corrigir imperfeições tão pequenas que só você percebe na frente do espelho, mas as pessoas nem notam, é melhor pensar melhor, pois a cirurgia plástica é bem séria!

Top