Porque muitos solteirões preferem um cão e não um filho

Porque muitos solteirões preferem um cão e não um filho é o que vamos debater. Já reparou que mulheres e homens solteiros adotam sempre…

Por Élida Santos em 29/03/2015

Porque muitos solteirões preferem um cão e não um filho é o que vamos debater. Já reparou que mulheres e homens solteiros adotam sempre um cãozinho para ter companhia? O que incomoda algumas pessoas é o tratamento do animal como sendo uma criança. Tratar o cachorro como se trata uma criança é o questionamento que é feito muitas vezes.

Porque muitos solteirões preferem um cão e não um filho (Foto: Divulgação)

Veja mais informações sobre: Fotos de cachorros de raça

Porque muitos solteirões preferem um cão e não um filho

Porque muitos solteirões preferem um cão e não um filho pode te ajudar a entender as relações que temos com as pessoas. É claro que um cão pode mesmo ser vantajoso para quem quer uma companhia em casa, mas porque não adotar um filho se a intenção é criar um cachorro como se cria uma criança, ou seja: com festinha de aniversário e tudo mais que uma criança tem direito.

Solteiros preferem cão e não ter filhos (Foto: Divulgação)

Cachorro não fala

O cachorro não tem como reclamar e te amolar, a não ser dar alguns latidos, que são facilmente inibidos com o tratamento do cão e com algumas táticas em seu dia a dia. Uma criança gera um cuidado maior nesse sentido e acaba dando mais trabalho.

Solteirões e seus animais (Foto: Divulgação)

Saiba mais informações sobre: Como cuidar de cachorro em apartamento

Cão cresce mais rápido

Um cachorro de cinco anos é um adulto, uma criança não, pois precisa de uma pessoa sempre ao lado para apoiar o seu desenvolvimento. O desenvolvimento do cão é diferente mesmo da criança, mas acontece que as pessoas que tratam o animal como uma criança certamente pensa nisso.

Solteiros com animais (Foto: Divulgação)

Mais responsabilidade

O animal de estimação é uma companhia boa, mas te dá uma certa responsabilidade. A questão é que a responsabilidade é bem menor do que com relação a criação de uma criança. O animal de estimação não reclama e a criança sim. Criar uma criança é algo muito mais sério do que cuidar de um cão, mesmo sabendo que o cachorro precisa de cuidados, carinho e atenção, como uma criança.

Top