Por que soluçamos?

O soluço nada mais é do que a contração involuntária do diafragma – músculo que separa o tórax do abdome, localizado logo abaixo do…

O soluço nada mais é do que a contração involuntária do diafragma – músculo que separa o tórax do abdome, localizado logo abaixo do pulmão. O diafragma é o músculo responsável pelo controle da respiração, e é acionado pelo nervo frênico, que auxilia os movimentos do músculo.

Na maioria das vezes, o soluço é causado por uma irritação no nervo frênico. Quando comemos muito ou ingerimos bebidas que estão muito quentes, muito geladas ou então com muito gás ( como os refrigerantes), o estômago tende a inchar e então pode provocar uma irritação no nervo frênico, que faz com que o diafragma se contraia. A contração normalmente ocorre várias vezes seguidas, separadas por pequenos intervalos de tempo que podem chegar a apenas um segundo e muitas vezes se prolongam por vários dias.

Desta maneira, ocorre a inspiração de ar, mas ao mesmo tempo a glote se fecha, ao contrário do normal onde a glote só se fecha para a passagem de alimentos ao esôfago (boca do estômago) e fica aberta para a respiração.

Portanto, o soluço surge de uma espécie de pane na sincronia da glote com o diafragma, com a contração do músculo, a laringe acaba se fechando e prendendo o ar, desta forma as cordas vocais vibram e causam aquele ruído típico dos soluços.

O soluço normalmente dura alguns minutos, mas há casos em que ele pode perdurar por dias, meses e vir com frequência. Neste caso é aconselhável procurar um médico para fazer uma avaliação, já que estes casos de soluços frequentes podem revelar problemas como doenças na vesícula, no esôfago, no estômago e até mesmo uma pneumonia na base do pulmão, já que todos esses órgãos podem acabar afetando o diafragma e causando uma irritação no nervo frênico.

Uma das principais causas de irritação do nervo frênico é o refluxo de ácido estomacal, que podo ocorrer em uma hérnia de hiato, por exemplo. Neste caso, o ângulo fechado que impediria o refluxo é desfeito e o ácido acaba atingindo o esôfago e irritando o nervo que dispara as contrações do soluço.

Para curar o soluço comum, o jeito é relaxar o diafragma, ou seja, segurar o ar cortando a respiração pelo nariz e pela boca durante algum tempo, ou então tomar um copo de suco, ou água gelada, virando tudo de uma só vez, sem respirar.

O famoso susto, que passa de geração em geração como receita para curar soluços também é eficaz, já que desta forma o organismo acaba liberando adrenalina, o que ativa o nervo frênico e faz com que as contrações sejam interrompidas.

Top