Por pouco Johnny Depp não foi demitido de Piratas do Caribe

Johnny Depp contou em uma entrevista à CNN, no último sábado (22), que quase foi demitido do filme “Piratas do caribe: A Maldição do…

Johnny Depp contou em uma entrevista à CNN, no último sábado (22), que quase foi demitido do filme “Piratas do caribe: A Maldição do Pérola Negra.”, primeiro filme da saga. Segundo o ator, os executivos não entendiam sua performance e tinham medo de que o público não entendesse o Capitão Jack Sparrow.

“Eu fico muito feliz de explorar todas as possibilidades do personagem e realmente mergulhar no papel. Eles não conseguiam entender o que eu estava fazendo. A ponto de a Disney querer me demitir. Eles não entendiam o personagem”, disse Jhonny.

“Eu ainda sinto que em termos de personagem o Capitão Jack é um dos que eu quero explorar. Porque ele é divertido. É como uma licença para ser totalmente irreverente, explicou o ator, dizendo que gostaria de continuar interpretando Jack.

Apesar de Sparrow ter marcado a carreira de Johnny Depp, o ator afirma que o filme mais importante de sua carreira foi “Edward Mãos de Tesoura”, pois foi o trabalho que lhe tornou conhecido.

Jhonny ainda disse que não mudou muito depois da fama, que se sente desconfortável com o assédio da mídia, mas que adora tirar fotos com crianças e do apoio que recebe dos fãs. “Eu acho que é uma coisa com a qual você nunca se acostuma. Eu acho muito desconfortável. Se você se acostuma com isso, então alguma coisa deve estar errada. Lá no fundo tem que ter uma parte de você que implora pelo anonimato”, declarou ele.

“Eu tiro fotos com crianças. Pessoas querem fotografias comigo. Pessoas que gostam dos filmes. Pessoas que me apoiam. Eu faria isso todos os dias, todas as noites, tudo bem. Mas o bombardeamento dos paparazzi… Eu realmente não entendo”.

Top