Pontos Turísticos da Romênia

A capital da Romênia, Bucareste, guarda inúmeros atrativos para os turistas. Uma cidade repleta de história – medieval e contemporânea. Selecionamos algumas opções que…

Por Redacao em 08/05/2011

A capital da Romênia, Bucareste, guarda inúmeros atrativos para os turistas. Uma cidade repleta de história – medieval e contemporânea. Selecionamos algumas opções que farão da sua visita à região um passeio inesquecível.

O centro antigo e histórico de Bucareste pode ser conhecido a pé. O local pede um fim de tarde recado a café ou drink na Strada Smardan. Contudo, para conhecer toda a cidade o metrô e os taxis tornam-se quesitos indispensáveis.  Outra boa opção, que fica no coração da cidade é a Piata Revolutiei (Praça da Revolução), onde antes ficava o Palácio Real e, anos mais tarde, palco da queda de Ceausescu – o ditador comunista foi retirado do poder durante a revolução de dezembro de 1989.

Quadrada e larga, a praça foi criada nos anos 30 e fica no meio da Calea Victoriei, a avenida mais fashion da capital romena, com lojas, cafés, bares e restaurantes, com roupas, artigos de luxo, decoração e quitutes saborosos. Igrejas e paisagens históricas compõem um dos pedaços mais charmosos da cidade. Desde a queda do líder comunista, quando construções da praça foram danificadas, queimadas e baleadas, edifícios foram restaurado e o local ganhou um monumento abstrato, em homenagem àqueles que morreram na revolução.

Um dos prédios mais marcantes ao redor da Praça da Revolução é o antigo Palácio Real. Desde que Ceausescu decidiu mudar a administração governamental para o Centro Cívico, nos anos 50, o prédio passou a abrigar o Museu de Arte Nacional, um dos mais atingidos pelos distúrbios de 1989, que antecederam a queda do comunismo. O museu foi reaberto em 2000, após uma restauração e, desde então, oferece ao público uma rica coleção de arte romena. Outra opção na região é a Piata Enescu. Localizada ao norte da Praça Revolução, é notável por abrigar prédios histórica e culturalmente importantes.

Na parte norte possui o Anthénée Palace Hotel Hilton, um dos mais prestigiosos hotéis de Bucareste. Por décadas o hotel foi também um antro de espionagem, com membros da Gestapo (alemã) ou da inteligência britânica como hóspedes. A leste fica o Ateneu Romeno, uma estrutura neoclássica construída em 1888, que recebe com frequência a Orquestra Filarmônica George Enescu. Na parte sul, a Biblioteca da Universidade.

Já a Piata Universitatii é o foco da vida da cidade, com grande movimento e tráfego mesmo à noite. Onde ocorreram os principais eventos depois da revolução de 1989. Possui dez pedras em homenagem àqueles que foram mortos durante a revolução.

Para finalizar, temos o Centro Cívico, uma obra faraônica idealizada por Ceausescu após uma visita à Coréia do Norte (que tem exemplares similares). O local, que tem quilômetros quadrados, passou a abrigar a administração do país e tomou o lugar de algumas igrejas históricas – que acabaram sendo demolidas para dar cabo ao projeto do ditador. Para manter as estruturas em nível megalomaníaco, temos o Parlamento.

Uma construção imponente que é o segundo maior prédio administrativo do mundo, ficando atrás apenas do Pentágono. Para se ter uma idéia, o prédio pode ser visto até mesmo da Lua. São 270 por 240 metros, 86 metros de altura e mais de 90 metros de subsolos, somando ao todo 1.100 salas… Ufa! Haja parlamentar para usar tudo isso.

Top