Vale a pena investir em um plano de saúde infantil?

PUBLICIDADE

Uma das perguntas que o casal mais costuma fazer ao ter um filho é se vale a pena o investimento em um plano de saúde infantil, já que garantir segurança em questões médicas é um objetivo que muitos não só desejam garantir para seus rebentos.

Por ser uma etapa de tamanha importância, cabe saber se é válido ou não investir em um plano de saúde infantil para que os pequenos tenham o melhor suporte médico possível. Neste artigo, falaremos a respeito disso e ainda mostraremos como esse serviço funciona.

O que é o plano de saúde infantil?

Para esse começo, vamos definir o que seria um plano de saúde infantil. Basicamente esse componente é procurado pelos pais com o desejo de fornecer para a criança uma segurança maior para a sua saúde. 

PUBLICIDADE

Ou seja, o plano de saúde infantil se trata de um contrato com uma instituição que oferece um compilado de serviços para cuidado da saúde infantil. Por isso, o mesmo deve ser contratado por operadoras ou Pequenas Médias Empresas (PME).

O que é o plano de saúde infantil?
Fonte/Reprodução: original.

Existem algumas características que se deve levar em conta para a contratação de um plano de saúde infantil, como o tempo de carência, o preço para obtenção do recurso, a quantidade de serviços incluídos naquele plano e afins, coisa que aprofundaremos com o passar dos tópicos do artigo.

Quanto custa em média um plano de saúde infantil?

Esse tópico costuma ser muito questionado pelos pais ao buscar um plano de saúde infantil, já que cada família possui uma quantidade de renda diferente a depender de seu contexto. Ao pesquisar por valores, percebemos que estes variam bastante a depender da localidade e da instituição que o fornece.

Além disso, o valor costuma variar de acordo com a faixa etária do contratante (ou do representado por ele, no caso das crianças), mas circula entre os R$200 a R$400.

PUBLICIDADE

O preço ainda pode sofrer variações a depender da quantidade de serviços que cobre e da região que ele abrange, já que os nacionais costumam ser mais caros do que os regionais. A forma com a qual os procedimentos são feitos e a rede credenciada também contam para o aumento ou diminuição do plano.

Quais serviços o plano de saúde infantil inclui?

Já falamos sobre o preço e agora cabe explicar quais os serviços que o plano de saúde infantil cobre. Em geral, a maioria deles compartilham em comum serviços como consultas e exames, cuidados de emergência em rede credenciada, entre vários outros cuidados que seguem na seguinte lista:

  • Acompanhamento de profissionais específicos para a criança;
  • Prevenção de doenças na infância;
  • Tratamento para problemas crônicos;
  • Tempo de espera reduzido.

É necessário estar atento às formas de pagamento e algumas características do plano escolhido como rede credenciada que podem alterar a forma de funcionamento de algumas etapas. Por fim, nada que uma boa pesquisa de bons planos através da internet e recomendações não possa resolver, correto?

Vale a pena investir no plano de saúde infantil?

Quando se trata de proteger os seus pequenos amados, acreditamos que investir em um plano de saúde infantil é garantia de segurança para os pais, tanto para os casos mais leves como em situações mais extremas que possam acometer a saúde da criança. 

Vale a pena investir no plano de saúde infantil?
Fonte/Reprodução: original.

Imagine para você que cuida de uma vida ter a segurança de não precisar depender de aleatoriedades que podem ocorrer no sistema público na hora de cuidar da saúde do filho. Não precisamos nem dizer o quanto isso deve ser um alívio, certo? Analise as condições financeiras da família e obtenha o plano que mais atende às suas necessidades.

PUBLICIDADE

A partir de tudo que falamos, esperamos que tudo sobre o plano de saúde infantil tenha se esclarecido e que agora você esteja confiante para investir no melhor para a garantia do bem-estar de sua criança. Não deixe de compartilhar este artigo com seus contatos e continue à vontade para explorar outros conteúdos no site!

Leia também:

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.