Plano de Saúde e Novas Regras

Infelizmente o SUS (Sistema Único de Saúde), de nosso país é muito falho. Não oferece condições dignas para a população e as pessoas que…

Infelizmente o SUS (Sistema Único de Saúde), de nosso país é muito falho. Não oferece condições dignas para a população e as pessoas que mais sofrem com isso, são aquelas de menor poder aquisitivo.

A parcela da população que possui melhores condições financeiras busca um plano de saúde, tentando amenizar o problema, que por vezes também não é solucionado. Alguns planos de saúde deixam a desejar na hora de atender as necessidades de seus associados. Para tentar amenizar o problema, o governo criou novas regras para os planos de saúde.

As novas regras dos planos de saúde foram aprovadas em junho deste ano, feitas pela Agencia Nacional de Saúde Suplementar. Elas trarão grandes melhorias aos clientes, e tentarão  sanar as milhares de falhas que estavam deixando muitas pessoas insatisfeitas. São aproximadamente 100 mudanças estipuladas para serem feitas, gerando assim novas normas que você pode estar conferindo neste artigo.

Será obrigatório a cobertura de 70 procedimentos médicos e tratamentos. Para as pessoas que tem a cobertura básica, foram incluídos alguns exames e tratamentos como: transplante de medula óssea por meio de doação de parentes ou banco de medula, colocação da coroa ou blocos dentários, PET-Scan Oncológico.

O paciente pode exigir a localidade onde quer ser atendido, desde que dentro da abrangência do plano de saúde, que deve ser verificado na contratação do mesmo.

Também foram ampliados os números de algumas consultas por ano, sendo elas: Psicólogos :  40 consultas, Nutricionista:  12, e Fonoaudiólogo: 24. E não poderíamos esquecer-nos de mencionar a diminuição de carência e prazo de atendimento. O prazo para atendimento de consultas básicas, é de no máximo 7 dias úteis. As consultas com nutricionista, fonoaudiólogo, psicólogo, terapeuta ocupacional e fisioterapeuta, foi estipulado um prazo  máximo 10 dias uteis.

Leia Também:  Campanha de Incentivo ao Parto Normal

Para os serviços de diagnósticos por laboratório em regime ambulatorial, o prazo é de 3 dias úteis. Procedimentos de alta complexidade são 21 dias úteis, atendimento em regime de hospital 10 dias úteis, regime de internação eletiva 21 dias úteis, as consultas de retorno ficará a critério do profissional responsável pelo atendimento, conforme a necessidade de cada paciente.

As empresas tem um prazo de 90 dias para se encaixarem as novas normas para os planos de saúde, e caso as mesmas não efetuem as mudanças, pode se fazer as denúncias pelo telefone 0800 701 9656, esse número  é do núcleo de fiscalização da Agência Nacional de Saúde Suplementar.

Para que você fique por dentro dos seus direitos diante do seu plano de saúde, acesse o site www.ans.gov.br,  lá você encontra toda a legislação, plano de saúde e operadoras, dentre muitas outras coisas que podem lhe ajudar.

Essas são algumas das novas regras do plano de saúde que já estão entrando em vigor, espero que você tenha gostado e tenhamos esclarecido possíveis dúvidas com as nossas dicas, não deixe de conferir outros artigos relacionados e volte sempre ao Mundo das Tribos!

Top