Planejamento para Aposentadoria, Como Começar

Morar no Brasil possui muitos benefícios com relação aos recursos naturais, o bom humor de um povo solícito e um clima temperado que faz…

Por Redacao em 09/07/2011

Morar no Brasil possui muitos benefícios com relação aos recursos naturais, o bom humor de um povo solícito e um clima temperado que faz o lugar ser procurado por pessoas do mundo inteiro para curtir o que há de melhor em matéria de natureza. Mas, ao mesmo tempo, só os brasileiros sabem o que é sofrer com um governo característico por sua constante luta contra (ou não) a corrupção e com serviços públicos, recolhidos através de impostos, que são prestados para a população, geralmente marcado, também, por uma qualidade duvidosa, quando disponível.

É neste cenário que muitas pessoas se preocupam com uma boa estratégia para se tornarem pessoas mais tranqüilas quando conseguirem se aposentar. Traçar um bom plano para a carreira profissional já é um grande desafio nos dias atuais e, obter uma poupança em anos de serviço, é mais difícil ainda. Mas, se você sonha com uma aposentadoria tranquila, é preciso saber como começar a fazer um bom planejamento para esta aposentadoria.

Para conseguir fazer isso, é importante definir alguns itens importantes. O primeiro de tudo é saber exatamente o que você quer? Ter bem claro quais são os seus planos e aonde você quer chegar é somente o primeiro passo para fazer sua aposentadoria ter algum sentido. Questões simples como “quando (ou com qual idade) pretendo me aposentar”, ou “onde quero estar quando me aposentar”, “o que desejo fazer para o resto da vida” e outras perguntas (na verdade, as respostas para estas perguntas), começam a tomar forma um sentido para a aposentadoria, que seria o objetivo para começar a planejar.

Sabendo isso, é hora de encarar a realidade e identificar como você obterá renda no momento em que decidir se aposentar. Uma receita vinda da Previdência Social é algo bastante arriscado, visto que muitos profissionais e especialistas afirmam que a instituição responsável por este “benefício” está, entre aspas, “falida”. Sem contar que, o máximo de receita obtida pela Previdência irá corresponder a 20% da sua renda, no máximo. Outras fontes de renda podem ser consideradas, como, por exemplo, planos de previdência corporativo ou previdência individual.

É importante saber que pode existir um valor específico que você procure acumular até o dia da aposentaria. Com a ciência deste valor, o seu trabalho e suas economias pode gerar em torno deste objetivo. Imaginando quantos anos você irá viver, e quantos mais você irá trabalhar, uma quantia anual será calculada e você tem a primeira base de onde quer chegar.

A dica mais importante é, comece a fazer isso o quanto antes. Não importa a sua idade, mas, se este assunto faz parte da sua preocupação, comece a fazer mais do que se preocupar: planeje e ponha seu plano em ação. No entanto, outro item também é extremamente importante, sempre revisar os seus planos e estratégias. O mercado mundo, e um plano traçado anos antes pode não ser tão eficaz depois de um período específico.

Estas dicas, na verdade, não são regras. É possível que experiência profissional, consultorias ou simplesmente uma boa ideia posta em prática possam fazer a sua aposentadoria ser perfeita.

Top