Pisos de madeira de demolição: como escolher

A madeira de demolição é um material sustentável, charmoso e capaz de reforçar a sensação de conforto dentro de casa. No entanto, para usar…

A madeira de demolição é um material sustentável, charmoso e capaz de reforçar a sensação de conforto dentro de casa. No entanto, para usar o produto da melhor forma, é importante tomar uma série de cuidados no momento da escolha e levar em consideração todas as características do projeto.

O piso de demolição deixa a casa com um visual rústico. (Foto:Divulgação)

A madeira de demolição em casa

Diferentemente dos materiais novos e modernos que estão disponíveis no mercado de construção, a madeira de demolição apresenta vestígios impressos na sua superfície, como riscos, restos de tinta, variação de cor e veios profundos.

Quem resolve revestir a casa com madeira de demolição está em busca de um acabamento rústico, capaz de resgatar as raízes do campo e deixar os ambientes mais aconchegantes.

As madeiras de demolição normalmente são retiradas de casarões antigos, por isso os materiais nobres acabam assumindo tons escuros. A extração também acontece em trilhos de trem e postes de energia elétrica.

Dicas para escolher pisos de madeira de demolição

A madeira de demolição deve ser tratada. (Foto:Divulgação)

Confira a seguir dicas para acertar na escolha dos pisos de madeira de demolição:

• Na hora de escolher o piso de madeira de demolição, é importante observar a textura, o formato e a possível desagregação do material. Esta avaliação permite identificar diferentes problemas, como os furos provenientes de cupins.

• Quando se trata de madeira de demolição, a peroba-rosa é a mais comercializada e a ‘queridinha’ entre os arquitetos. Ela é favorável por causa de sua estrutura única e veios lineares. A grande alteração na intensidade de cor e forma faz com que cada pedaço de madeira seja uma verdadeira obra de arte.

Leia Também:  Esfoliação do couro cabeludo: como fazer

• Se a casa tem crianças ou animais de estimação, os pisos com sulcos fundos não são recomendados.

A peroba-rosa é uma das madeiras mais usadas. (Foto:Divulgação)

• Além da peroba rosa, as madeiras jatobá, ipê, jacarandá, peroba e angelim pedra também são recomendadas.

• Antes de concluir a compra, o consumidor deve ter certeza de que madeira de demolição recebeu um tratamento adequado. Caso contrário, o material ficará vulnerável às pragas.

• A madeira de demolição original possui furos de prego, ranhuras e outras imperfeições.

• Existe a possibilidade de arrematar lotes fechados de madeira de demolição, mas o prejuízo com este investimento pode chegar a 30%.

• O consumidor deve contratar um marceneiro de confiança, afinal, a instalação do piso de madeira de demolição requer habilidade.

• A madeira de demolição é um material resistente, mas mesmo assim requer tratamento. Um produto indicado para o acabamento e manutenção é a resina à base de água.

Top